quinta-feira, 5 de março de 2015

Pedreiras - o que fazer?

A história e análise da conjuntura política municipal atual daria para escrever um livro. E dos melhores. E de estilo diverso conforme a visão, pretensão ou gosto do autor. Pode dar uma excelente comédia, um belo drama, uma saga quixotesca bem no estilo aventura, cheia de suspense e terror. Mas entendo mesmo a situação como trágico-cômica.

Se não vejamos: o desastre político e administrativo do governo se aprofunda - falta de habilidade para governar, as ingerências, a corrupção... tudo que presenciamos do caos que é o governo Totonho.... Isso é drama puro. Tragédia maldita. A posição política do clã Louro é a parte cômica. Humor puro. O papagaio diz que não rompeu com o prefeito, mas seus periquitos parlamentares romperam. É de dar gargalhadas. Esses meninos não têm autonomia política e jamais tomariam posição sem o aval do pai, por mais que Serapião nos surpreenda muito positivamente no exercício de seu mandato. Essa deles é querer subestimar a inteligência das pessoas.

Além disso, ainda vem o papagaio bater boca com o Secretário de Obras do governo. Sendo a maior liderança política regional, Louro se apequena quando se dedica a discussão com o ex-motorista do prefeito; e agiganta o secretário. Como sempre o papagaio age como “tambaqui de pesque e pague” – morde e é fisgado por qualquer isca que se jogue para ele. Não vê que quem foi deputado até 40 dias atrás e elegeu o filho para o mesmo posto contra tudo e todos, demonstrando um poder político excepcional, atrofia-se politicamente e rebaixa-se pessoalmente numa discussão boba dessas com quem ele diz apenas ter como lastro ser ex-chofer do alcaide, sem cacife político algum comparado ao ex-deputado e que nem vereador conseguiu eleger-se na eleição que Louro elegeu os 02 filhos vereadores e 01 filho e a à época esposa vice-prefeitos. Faltaram sabedoria e assessoria ao velho papagaio, marechal de tantas guerras, de brilhantes vitórias e honrosas derrotas.

E ainda temos as oposições divididas e de qualidades diferentes. A de Simplício Araújo e Klebinho Branco é a oposição do “quanto pior, melhor”. Não querem afastar Totonho do poder por mais crimes que esse cometa na gestão pública. Querem que ele se desgaste cada vez mais, caia de podre, pois assim fica mais fácil eles ganharem a eleição. Mandaram notícias dos crimes do governo para a produção do Fantástico da Rede Globo, mas judicialmente desconheço ação deles para punir o prefeito. É só bater e bater para desgastar mais e mais o prefeito sem medidas que o coíbam de maltratar mais a cidade e nosso povo. Essa oposição eu acho temerária e covarde com a população. Poderia ser denominada de “oposição irresponsável”, pois não pensa no bem popular, mas nas vantagens políticas que vislumbram eleitoralmente nas próximas eleições.

A outra oposição é a dos vereadores que já eram adversários que agora se juntam aos edis periquitos e a Elcinho Gírio. Essa poderia chamar-se de “oposição hipócrita”. Querem investigar, processar e até afastar o prefeito, mas não querem investigar a área de saúde do governo para não atingir o periquito ex-Secretário de Saúde agora no exercício do mandato de vereador. Ora bolas!!! Crime é crime. E se é para culpar e punir o prefeito que o seja com todos os seus cúmplices em todas as áreas da gestão caótica que ele executa. Por que poupar o ex-Secretário de Saúde se esse cometeu ingerências várias e acolitou o prefeito em suas maracutaias? E olha que parece que não só acolitou! Diz o governo que dispõe de provas de prevaricação solo do “vereador anti-zap-zap” e vai usar disso quando lhe for conveniente.

Dentro dessa balbúrdia toda, as instituições e as lideranças políticas esquecem-se de ver que o Presidente da Câmara está incompatível para o exercício do cargo desde o momento em que sua esposa, grande pessoa e excelente técnica, foi nomeada Secretária de Educação. Se o vereador, especialmente o Chefe do Legislativo, tem a obrigação constitucional de fiscalizar o Executivo, como e com que isenção o Presidente cumprirá sua principal missão se a esposa é expoente do Executivo e ordenadora de despesas? Ou Robson Rios é Presidente da Câmara ou sua esposa é Secretária de Educação! É a lógica!!! A sede de poder do Presidente é tamanha que ele se expõe a situações esdrúxulas como essas, sem falar na absurda, torpe, irregular e ilegal forma com que esse se reelegeu. Algo que o Ministério Público deveria investigar, pois transcende ao mero ato interna corporis somente.

Não sou dono da verdade. Apenas gosto e entendo de política e a pratico desde a adolescência. Nem tenho o condão da santidade pessoal ou política. Apenas como cidadão e ser político expresso minha opinião usando da liberdade de expressão que a Constituição Federal me garante. Mas acho que Pedreiras passa por uma crise política sem precedentes. Ao meu entendimento, a situação vai do grave descalabro político-administrativo até a uma profunda crise institucional com essa situação da falta de independência entre o Executivo e o Legislativo pela situação de incompatibilidade do Presidente. O Executivo tem cativo o Chefe do Legislativo, e simbolicamente todo esse Poder, pelo cargo de sua esposa; e isso é institucionalmente crítico. E há aqui um enorme paradoxo: o governo já não dispõe de maioria parlamentar na Câmara. É de pasmar: até o Líder do Governo, vereador Elcinho Gírio, rompeu com o governo! E a oposição já é maioria para fazer o que quiser na Câmara já que dispõe de mais de dois terços dos parlamentares. O Presidente amarrado e a maioria livre sem saber o que fazer e nem do poder que tem... Trágico. E cômico.

Acho que o momento é de reflexão do que fazer e como proceder. Entendo que devemos unir todas essas forças e fazer um esforço acima das questões pessoais e convencer o prefeito de que ele não tem mais condições morais, legais, políticas nem administrativas de permanecer à frente dessa gestão. Ele deve renunciar. E isso é até saudável para ele politicamente porque sai do foco e escapa do grave risco que está correndo de sair a qualquer momento da prefeitura algemado e num camburão de polícia; o que seria triste para ele, que não é uma má pessoa, e traumático para a nossa cidade e nossa história.

A partir da saída do prefeito de cena, se faria uma espécie de frente de união total em torno do governo da prefeita que assumiria e uniríamos todos os esforços para tirarmos Pedreiras dessa tragédia em que está mergulhada. Parece utópico, onírico, o que proponho? Sim, parece! Mas seria possível se nossas lideranças e agentes políticos tivessem compromisso primeiro com a coletividade e não com seus projetos pessoais prioritariamente!

Precisamos de uma “Nova Política para Pedreiras”, como venho defendendo. Ou melhor e maior até: um “Projeto Político para Pedreiras”, pois o que vemos são muitos projetos políticos pessoais somente ou de grupinhos. E se o Projeto é PARA A CIDADE independe de personalismos e não se atrela à imagem ou necessidade de um líder “salvador da pátria”. E é a nossa elite pensante quem deve elaborar esse Projeto tendo como premissa maior nosso povo e o resgate de nossa cidade do abismo em que se encontra. Avante e mãos à obra os que amam essa terra!!!


Allan Roberto Costa Silva, médico, ex-Vereador-Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, membro da Associação dos Poetas e Escritores de Pedreiras-APOESP e da Academia Pedreirense de Letras-APL. E-mail: arcs.rob@hotmail.com





Homem tem garganta cortada dentro de escritório de advocacia






Um crime com requinte de crueldade foi praticado na manhã desta quinta-feira (5) na cidade de Pio XII. De acordo com informações preliminares, por volta das 9h30 da manhã, uma pessoa invadiu armada o prédio onde funciona um escritório de advocacia para assassinar a tiros e com um profundo golpe de faca na garganta, um homem identificado por Juscelino Pires de Sousa, de 53 anos, morador da cidade de Satubinha.




O criminoso estaria sozinho e empreendeu fuga em um carro, tomando rumo ignorado. A vítima é genro de Antonio Rodrigues de Melo, o Mão de Ouro, ex-prefeito de Satubinha.

Informações de Sérgio Matias

Cantores vão à Justiça lutar pelo hit "Muriçoca"



  • Ermínio e Jhon Falcão (nome artístico de Hélio Pires) brigam na justiça pela autoria na música
Ermínio Félix, vocalista do Bonde do Serrote, resolveu entrar na Justiça terça-feira, 3, para cobrar os louros da canção "Muriçoca" (de refrão "soca, soca, soca" e "pica, pica, pica").
Só que Fernando Gusmão, empresário do cantor Jhon Falcão (conhecido em Vitória da Conquista como Rei da Cacimbinha), garante que a música é do seu vocalista. O empresário comprovou, por meio de documentos enviados pela sua advogada, Nádia Cardoso, que a música foi registrada pelo grupo Rei da Cacimbinha em outubro do ano passado.
"Hoje [quarta-feira, 4] registramos um Boletim de Ocorrência para denunciar os sites que deram voz ao Ermínio, pois a música não é dele, é do João e podemos provar", afirma Nádia.
Rogério Matos, advogado de Ermínio, também diz que tem provas que seu cliente é o autor do hit. "O fato de estar registrada não quer dizer que seja dele. Ermínio tem registros no Facebook que são anteriores à data em que foi registrada a música pelo outro cantor", rebate.
No entanto, ele não apresentou qualquer prova ou prints desses compartilhamentos. As publicações na internet também não foram encontradas pela reportagem.
Enquanto isso, o advogado de Ermínio entrou na Justiça com uma ação civil com pedido de liminar para retirada dos vídeos do Rei da Cacimbinha do YouTube e para reativar o canal do Bonde do Serrote. "Tivemos o canal suspenso porque o Rei da Cacimbinha registrou a música e o Youtube entende que o som não é nosso. Mas é", garante Rogério.


Babado e confusão
A reportagem tentou falar com Ermínio, mas o empresário dele disse que não seria possível. Já o advogado, Rogério Matos, explicou que não tinha como encaminhar os documentos que comprovam a autoria da música porque os mesmos estavam distantes dele, em seu escritório.
O empresário do Rei da Cacimbinha, Fernando Gusmão, dispara: "Estou no mercado há 25 anos e nunca fui envolvido em picaretagem. Esse sujeito não tem nada, a não ser saliva na boca e loucura na cabeça. Eu tenho documentos que comprovam o que digo".
Assista ao clipe da música com o Rei da Cacimbinha:




IMAGEM DO DIA: ASFALTO CONCLUÍDO!


Um sonho antigo dos moradores do Bairro Jovitão agora é uma realidade!

A obra concluída traz mais conforto e segurança a todos os moradores na hora de ir e vir, além disso, traz a satisfação no rosto da população que aguardava ansiosa e há tempos esta transformação, concretizada na gestão do Dr. Raimundinho.


Barra do Corda ganhará aeroporto de qualificação internacional



Durante audiência com o Deputado Hildo Rocha, quarta-feira (04), o Ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, anunciou que ainda este ano será iniciado o processo licitatório para obras de melhorias e adequação do aeroporto de Barra do Corda.  




Padilha informou que o projeto prevê a construção de pista adequada para receber aviões de grande porte, pátio de estacionamento de aeronaves, terminal de passageiros, estação de navegação e estação de combate a incêndios. “Vamos ter o que há de mais moderno na navegação aérea à disposição de Barra do Corda”, afirmou o Ministro.

O Ministro parabenizou os maranhenses por mais uma conquista importante que será obtida graças ao empenho do Deputado Hildo Rocha e do prefeito Eric Costa.

Assista ao vídeo



Prefeitura de São Luís inicia orientação para profissionais que atuarão no Projovem Urbano

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), deu as boas-vindas aos 120 profissionais que atuarão no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano). Os profissionais foram aprovados em processo seletivo realizado pela Semed e que teve mais de dois mil inscritos. O primeiro encontro de orientação foi realizado no auditório da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Alberto Pinheiro, no Centro.
Prefeitura inicia orientação para profissionais que atuarão no Projovem Urbano
Prefeitura inicia orientação para profissionais que atuarão no Projovem Urbano
Maranhão de Verdade - A execução do Projovem Urbano, mediante parceria com o governo federal, segue a diretriz do prefeito Edivaldo de ampliar o acesso à escolaridade e à qualificação profissional para a população de São Luís. “Em nome do prefeito Edivaldo, dou as boas-vindas aos selecionados que farão parte da equipe Semed durante o tempo de execução deste programa. Vocês farão diferença na vida de muitos jovens, ajudando a superar os desafios e a ter garantida a cidadania”, assinalou o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.
Nas próximas semanas, serão realizadas formações específicas por área, para os professores e demais profissionais que trabalharão no programa. A professora de Língua Portuguesa Ilma dos Santos Vale, 35 anos, participou da reunião e declarou ter ficado muita satisfeita com as informações repassadas. “Precisava muito trabalhar, mas me inscrevi neste processo seletivo sobretudo porque amo a minha profissão. Quando soube que fui selecionada, fiquei muito feliz. Afinal, foram milhares de candidatos”, disse Ilma.
Para Jane Lucy Freitas, 51 anos, trabalhar no programa é uma oportunidade para se sentir útil. “Eu estava desempregada e precisava trabalhar. Meus filhos já estão crescidos mas, trabalhando, posso me sentir útil e não depender de ninguém”, comemorou.
INSCRIÇÕES
O Projovem Urbano tem duração de 18 meses e, ao longo do período, oferece ao jovem conclusão do Ensino Fundamental, curso de iniciação profissional com certificação, aulas de informática e auxílio de R$ 100 por mês. As matrículas para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano continuam abertas até o dia 23 de março. Em São Luís, 21 escolas estão recebendo as matrículas para o Programa. São 2100 vagas para jovens de 18 a 29 anos que são alfabetizados e não concluíram o Ensino Fundamental. Mais informações sobre os locais de inscrição estão disponíveis no site www.saoluis.ma.gov.br ou pelo telefone 3212 8218.

Adriano leva 18 garotas de programa para motel, diz jornal

Atacante Adriano em foto postada em sua conta no Instagram. Atacante se envolveu em duas confusões em uma semana
Adriano em foto postada em sua conta no Instagram: duas confusões em uma semana(Reprodução/Instagram)
Sem perspectivas de voltar aos gramados, o atacante Adriano não se cansa de causar confusão no Rio de Janeiro. Uma semana depois de ter seu carro apreendido em uma blitz da Lei Seca, o jogador de 33 anos realizou uma festa com 18 garotas de programa e um grupo de pagode em um motel no Leblon, o atacante teria levado 60.000 reais em dinheiro e um grupo de pagode para curtir a farra na madrugada na última sexta-feira, de acordo com informações do diário Extra desta quinta-feira.

Dupla de Bacabal é presa tentando aplicar golpe em agência bancária no Piauí

Na tarde desta quarta-feira (4), dois homens entraram na Caixa Econômica Federal da cidade de Bom Jesus, Sul do Piauí, com o intuito de sacar precatórios que somavam R$ 100 mil. O gerente do banco desconfiou da dupla e acionou a Polícia Militar. Na presença da polícia, os envolvidos confessaram o crime e foram presos acusados de tentativa de estelionato, uso de documentos falsos e associação ao crime.
Na tentativa de sacar o valor, os homens utilizaram identidades falsas em nome de Elias Ferreira das Chagas e Jose Adaildo Moura do Nascimento. Enquanto seus nomes verdadeiros são Jocelino Alves de Aguiar e Elso Cardoso Rocha, respectivamente. “O gerente desconfiou porque um deles se dizia analfabeto, mas sua identidade estava assinada. Quando chegamos ao local, eles logo confessaram o crime”, explica a cabo Débora Carvalho, da 2ª Companhia do 7º Batalhão de Polícia Militar.
Em depoimento para a polícia, os homens disseram que foram abordados por uma pessoa aqui em Bacabal, onde residem, avisando que, se eles conseguissem sacar o valor, receberiam R$ 1 mil cada. “Ou seja, eles alegam que tem mais gente por trás. Por conta disso, a Polícia Civil está investigando a fim de localizar possíveis envolvidos”, completa a cabo Débora. Os homens estão presos na delegacia de Bom Jesus. (Com informações de Nayara Felizardo).

Com informações do Blog do Sérgio Matias