Mearim Motos

A missão do vice-governador Carlos Brandão

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Share/Bookmark
BRANDAO
O vice­-governador Carlos Brandão (PSDB) assumiu uma árdua missão em Brasília. Tentará, nas próximas horas, aproximar o vice­-presidente da República, Michel Temer (PMDB), do Governo do Maranhão.
A missão tem como objetivo evitar o isolamento do Palácio dos Leões no cenário nacional e amenizar o desgaste do governador Flávio Dino (PCdoB) junto às cúpulas nacionais do PSDB e do PMDB.
A movimentação de Carlos Brandão ocorre justamente após deputados estaduais e federais avaliarem como equivocada a postura de Dino em relação a Temer.
Os parlamentares acreditam que com a militância fervorosa em favor da presidente Dilma Rousseff (PT) e contra o processo de impeachment que tramita no Senado Federal, Flávio Dino acabou distanciando o Maranhão de um eventual governo do peemedebista.
O governador do Maranhão ganhou o noticiário nacional ao classificar de golpistas aqueles que se colocaram a favor do impeachment. Ele chegou a conceder entrevistas com um exemplar da Constituição nas mãos, criticou o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), se indispôs com juízes federais ao apontar falhas na Operação Lava Jato, conduzida pelo juiz Sergio Moro, e criou um clima de animosidade com a OAB, após a entidade defender o impeachment da petista.
Em situação delicada ­ com carência de recursos para conclusão de importantes obras no Maranhão ­ e sem espaço político em Brasília, Dino escalou Brandão para tentar reverter o quadro.
Uma missão nada fácil, principalmente levando­se em consideração os interesses do PMDB e do PSDB para 2018.
E Dino sabe disso.
(Coluna Estado Maior)

0 comentários :

Postar um comentário