Mearim Motos

Aliados acreditam que Flávio Dino não deve disputar reeleição em 2018

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Share/Bookmark
Apesar de ter direito em 2018, o governador Flávio Dino (PCdoB), pode abdicar da chance de disputar a reeleição e concorrer a uma vaga do Senado Federal. Pelo menos é o que comentam aliados próximos como o deputado federal Zé Reinaldo (PSB).
De acordo com o que é relatado, Flávio Dino estaria inclinado a concorrer a presidência da República em 2022, porém ele acredita que a forma mais fácil de chegar lá é estando no Congresso Nacional como senador. Uma vez que ele não acredita que ao exercer o papel de governador do Maranhão será o suficiente para lhe projetar nacionalmente.
Outro fator que estaria contribuindo para tomar essa decisão é a decepção de Flávio Dino com o cargo que ocupa. O comunista não imaginou que enfrentaria tantos problemas com tão poucas soluções.
O que incomoda Flávio Dino é também a necessidade de manter uma relação com os deputados locais. Quem conhece sabe que ele não suporta os aliados de ocasião e ainda diz que são pessoas despreparadas, portanto o comunista acredita que indo para o Senado Federal seu relacionamento seria com nomes mais qualificados.
Já pensando nessa possibilidade, Zé Reinaldo já não trabalha mais a hipótese de disputar o Senado, mas sim fortalecer o nome de Carlos Brandão para uma eventual disputa ao governo. Os dois são aliados históricos e o ex-governador terá como ajudar, pois é cotado para ser o interlocutor entre Michel Temer e o Maranhão.
A questão é que o PSDB não faz parte dos planos de Flávio Dino, dessa forma, uma ruptura seria inevitável em 2018.
Por Diego Emir

0 comentários :

Postar um comentário