Mearim Motos

ESPERANTINÓPOLIS: VEREADOR CHAMA CONCURSO PUBLICO DE PORCARIA E É VAIADO PELOS CONCURSADOS

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Share/Bookmark
Ontem (11), realizou-se mais uma sessão da Câmara de vereadores em Esperantinópolis-MA, que tinha como pauta um projeto de lei do vereador Gilsomar Soares Vieira, que limita corte de água e energia por parte dos fornecedores. E um requerimento de autoria do vereador Lula, que solicita por parte do prefeito municipal, a construção de um monumento, a Bíblia, na praça Galdino Carneiro.


Após apreciação e aprovação de tais matérias o Excelentíssimo Senhor Presidente abriu o grande expediente, momento no qual o vereador lula defendeu as matérias do executivo municipal, que estavam tramitando, de contratação de funcionário e o projeto de lei que cria vagas para a posse dos concursados excedentes. E foi ovacionado pelos presentes.


Ao usar da palavra, o vereador Gilsomar Soares Vieira surpreendeu a todos com declarações incompatíveis à sua função de legislador, ao usar a tribuna da Câmara Municipal, para chamar o concurso público de "PORCARIA", que em resposta imediata os concursados presentes vaiaram e repudiaram suas  ações. 



Logo após a fala do vereador Gilson, usou da palavra Ivan Bezerra da Silva (Braquiara), que pediu urgência na tramitação da matéria, por parte da comissão de orçamentos e finanças, presidida pelo vereador Francinaldo Souza Bezerra. 


Ainda na sua fala, o vereador Braquiara, concedeu a parte ao vereador Lula, que falou que o concurso público que ocorreu em Esperantinópolis, foi um concurso realizado com a maior clareza, onde os beneficiados foram pessoas que se esforçaram e estudaram. Um concurso limpo e que não teve nenhuma "marmelada".


Ao encerrar a sessão o presidente Francisco Sousa Silva, em demonstração de um cumpridor do regimento da casa, fechou um acordo com os vereadores presentes, em realizar sessão para apreciação e votação das referidas matérias, as 09:00 da manhã de sexta-feira (13), no prédio da Câmara Municipal de Esperantinópolis.


1 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    mais não me diga que foi o gilson vieira

Postar um comentário