Denuncie

Flávio Dino procura governo “golpista” e “ilegítimo”

terça-feira, 17 de maio de 2016

Share/Bookmark
dinodino
O maior pecado do governador Flávio Dino (PCdoB) é ter mais destaque pelas bobagens que escreve e diz, do que propriamente pelo trabalho desenvolvido pelo Maranhão. No início desta semana, ele voltou a ser vítima das suas próprias tolices e imaturidade política.
por Jorge Aragão
Depois de dizer que o Governo Temer é golpista e que ele não reconhece a sua legitimidade, Dino resolveu procurar o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, para tratar da interminável duplicação da BR-135.
A atitude de Flávio Dino seria a atitude normal de um governador buscando melhorias e recursos para o Estado que administra, mas o problema é que agindo assim, Dino demonstra mais uma vez sua incoerência, afinal está buscando apoio e parceria com um governo “golpista” e “ilegítimo”, isso na opinião do próprio governador maranhense.
Além disso, Flávio Dino, que já demonstrou querer distância da classe política, preferiu ir sozinho ao Ministério do Transporte, sequer convidou a Bancada Federal do Maranhão, mesmo sabendo que essa obra só será concluída graças as emendas de bancada destinada pelos parlamentares maranhenses.
Essa informação foi passada pessoalmente ao próprio governador, quando ele pediu que as emendas de bancada fossem destinadas para outros setores, mas os parlamentares disseram que a prioridade seria a BR-135 (reveja aqui).
A atitude de Dino desagradou alguns deputados que sentiram atropelados e desrespeitados, pois a Bancada Federal do Maranhão tem se reunido com ministro do Transporte (reveja) e até mesmo com Michel Temer (reveja aqui), que já está ciente da urgência em resolver o problema.
Entretanto, Dino prefere tentar levar ou “louros da fama” e surgir como salvador da pátria, mesmo que para isso ele atropele a Bancada Federal do Maranhão e se reúna com membros de um governo “golpista” e “ilegítimo”.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário