Mearim Motos

ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO: “CONCURSOS ,SONHOS E PESADELOS”

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Share/Bookmark


Uma leitora do blog Carlos Barroso nos mandou a seguinte sugestão de matéria:

"Venho neste momento falar talvez palavras ao vento, no entanto não me abstenho de repudiar a triste realidade de muitos profissionais que diante de tantas adversidades e sacrifícios, conseguem alcançar um nível de formação realizando sonhos, para em seguida entrar no pesadelo da vida real. 

Sou uma simples técnica de enfermagem, mas neste momento falo em nome de várias as categorias, enfermeiros, fisioterapeutas, odontologistas, radiologistas, nutricionistas, garis, professores, vigilantes, enfim de todos que assistem inertes seus destinos serem traçados de forma injusta por gestores públicos, as vezes sem nenhuma qualificação profissional, eleitos por nós para corresponderem as nossas expectativas. Não respeitam as leis e continuam com contratos eleitoreiros em troca de perpetuação no poder revoltante, a lei existe mas é grande o jogo de cintura e as brechas que a justiça permite.

Registro ainda minha revolta, com INÉRCIA do ministério público estadual, que não age com eficácia combatendo tal prática, bastando simplesmente, fiscalizar as folhas de pagamentos dos municípios observando a real necessidade em termos quantitativos, assim como a questão das leis municipais de plano de cargos e salários. Ressalta-se ainda o distanciamento de seus membros com relação a sociedade, o que traz certa ignorância sobre seu papel.

Analisando em específico a região do médio-mearim, temos a seguinte situação; algumas cidades fizeram concursos no entanto de forma tímida, já que não pleitearam a todas as vagas e categorias (Esperantinópolis e São Roberto), duas simplesmente cancelaram concursos em andamento e não deram satisfação a sociedade perdendo até seu prazo de vigência ( Joselândia e Poção de Pedras), outras ficaram protelando e assinando TAC ( Termo de Ajuste de Conduta) este lindo instrumento maléfico que ajuda a burlar a nossa constituição (Bernardo do Mearim, São Raimundo do Doca Bezerra, Lago do Junco, Lago do Rodrigues, Pedreiras e Igarapé Grande). Não estaria em momento algum fora de minha razão, mesmo sem conhecimento de causa se eu afirmasse que todos estes municípios estão na ilegalidade no tocante a esta questão.

Estamos nos aproximando de mais um pleito eleitoral, e com base em notícias de alguns certames que se iniciaram muito recentemente, afirmo que ainda existe prazo legal para nossos digníssimos Promotores agirem e obrigarem os gestores a cumprirem a lei e realizarem concursos URGENTEMENTE, somos um exército de pessoas qualificadas que temos muito a contribuir com as administrações e ainda reduziria os gastos com diminuição dos contratos sem garantias de leis trabalhistas."

1 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Concordo plenamente com esta jovem e acrescento ainda que a,cidade de Lago do Junco, tem hoje cerca de mil pessoas contratas de forma ilegal, onde o "Gestor" do município ta fazendo política com o dinheiro público aos olhos da representante do Ministério Público da Comarca de Lagi da Pedra, a qual Lago do Junco é termo . A palavra mais bem colocada pela ilustre jovem foi que o Ministério Público é INERTE

Postar um comentário