Mearim Motos

Padre é preso por pedofilia pela segunda vez

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Share/Bookmark




O padre Bonifácio Buzzi foi preso pela segunda vez por pedofilia na manhã desta sexta-feira (5), em Joinville (SC). Segundo a revista Veja, ele foi acusado de ter abusado sexualmente de uma criança de 10 anos na zona rural do município mineiro de Três Corações.
O religioso é citado no filme Spotlight como exemplo de como a Igreja Católica acoberta casos de abusos sexuais, e já tinha sido condenado pela lei dos homens duas vezes, em 1995 e 2004.
Na primeira sentença, ficou em prisão domiciliar por quatro anos por abusar garotos com idades entre 10 e 15 anos dentro de um hospital psiquiátrico, em Minas. Foi preso novamente em 2004 e condenado a 13 anos no regime fechado por abusar de um menino de 11 anos após celebrar uma missa.
Após cumprir um sexto da pena, ele seguiu para a cidade de Três Corações. apesar de ter o salário de 2.800 reais cortado pela Igreja Católica, ele nunca teve as funções sacerdotais totalmente revogadas pelo Vaticano. O processo nunca foi concluído. No momento da prisão ele falou que é inocente e disse aos investigadores que vai rezar mais.
O pedido de prisão do padre aconteceu depois que o juiz leu o depoimento da nova vítima e de sua mãe. Consta que o padre levou ele e dois amigos para uma pescaria por duas vezes, e despistava as outras crianças para ficar a sós com o menino e praticava os abusos. A vítima disse ainda que Buzzi deu a ele uma lanterna e uma nota de dez reais para que não relatasse a prática sexual à sua mãe.

0 comentários :

Postar um comentário