Denuncie

Candidato sobrevive a atentado em Olho-d’Água das Cunhãs, MA

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Share/Bookmark
Tiros foram disparados contra automóvel do candidato (Foto: Gustavo Menezes)

Um candidato a vice-prefeito em Olho-d’Água das Cunhãs (MA), município localizado a 287 km de distância de São Luís, sobreviveu a um atentado na madrugada desta quinta-feira (29). Ele voltava de um comício quando suspeitos atiraram contra seu automóvel.

A tentativa de homicídio aconteceu por volta de 1h. Alex Damiane Nogueira de Moraes (PSC), conhecido como ‘Alex Chicão’, havia participado durante a noite de quarta-feira (28) de um comício no povoado Bacuri da Linha, o mais populoso da região. À rádio Mirante AM, ele contou que quando voltava para a sede do município, foi surpreendido por suspeitos que dispararam três tiros contra o banco do passageiro. Como ele estava sozinho no automóvel, ninguém ficou ferido.

Apavorado, o candidato desceu com o automóvel em um barranco, saiu do carro e correu em direção a uma região de mata. Os suspeitos voltaram a disparar, e um dos tiros atravessou o braço de Alex Chicão. Para despistar os atiradores, ele ficou por cerca de duas horas escondido na mata.

Após o atentado, o candidato pediu ajuda a fazendeiros da região. Ele recebeu atendimento médico e, pela manhã, já estava em casa. Ainda esta quinta-feira, Alex prestará depoimento na delegacia da cidade.


Atentados a candidatos

Outros atentados a candidatos foram registrados nestas eleições municipais no Maranhão. Na última quinta-feira (22), quatro suspeitos invadiram a residência de um candidato ao cargo de prefeito em Icatu (MA), município localizado a 115 km de São Luís, no norte do Maranhão. Os suspeitos pela invasão foram presos. Uma equipe da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) que passava pelo local prendeu todos os suspeitos.

Um dia antes, a residência de um magistrado foi atingida por tiros disparados por suspeitos em São Domingos do Maranhão (MA), município localizado a 386 km de distância de São Luís – região central do Estado. O ataque aconteceu na casa do juiz Clênio Lima Corrêa, titular da 1ª Vara de São Domingos do Maranhão. Segundo a Polícia Civil, foram seis disparos contra o portão da residência. Uma equipe da 4ª Companhia do 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM) da cidade esteve no local pela manhã.

E no último dia 18, um sargento da Polícia Militar foi morto a tiros no povoado Limão, no município Centro Novo do Maranhão, a 208 km de São Luís. Emílio de Senna Batalha Filho teria sido atingido por, pelo menos, quatro tiros nas costas. Os responsáveis pelo crime fugiram em uma moto.

Do G1-MA
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário