Mearim Motos

Após apresentação de internos na SSP, 23 serão transferidos para presídios federais

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Share/Bookmark
img_20160930_175600774-1
A cúpula da segurança pública do Maranhão esteve reunida no fim da tarde desta sexta-feira (30), por volta das 17hs, em coletiva na Secretaria de Segurança Pública, onde reuniu além de boa parte da imprensa maranhense, superintendentes, assessores, policiais civil, militares e funcionários. Na oportunidade foi apresentado 35 internos com suspeitas de comandarem os ataques criminosos na região metropolitana de São Luís.

Segundo as informações repassadas no auditório Leofredo Ramos, da SSP, uma operação contra as ações criminosas foi realizada nesta quinta-feira, desde os primeiros indícios dos ataques criminosos. Uma outra operação deflagrada para combater os ataques foi realizada nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, onde foi feito um pente fino no complexo penitenciário de São Luís, para dirimir qualquer ato criminoso e violento, no interior do mesmo. O secretário de segurança Jefferson Portela disse que “Tomamos a atitude de pedir a transferências destes criminosos para outro estado e o Poder Judiciário acatou o nosso pedido e tão logo, os envolvidos serão transferidos para presídios federais”, ponderou.

img_20160930_175013329

As informações repassadas na coletiva pela cúpula da segurança são que 23 internos serão transferidos para os presídios federais, os quais foram identificados como sendo os mandantes na queima dos coletivos e escolas. Já foram confirmados que o Governador Flávio Dino e os Ministros da Justiça, do Superior Tribunal Federal e do Tribunal de Justiça do Maranhão, onde decidiram pela transferência dos internos. Foram identificados ainda 16 suspeitos partícipes nas ações criminosas na capital e ainda apreendidos diversos adolescentes apreendidos.

O Comandante da Polícia Militar, o Cel. Frederico Pereira disse que “As operações especiais irão continuar no sentido de coibir as ações criminosas, identificar e prender todos os envolvidos”, ponderou. Estavam na coletiva na SSP, o secretário de segurança pública Jefferson Portela, o delegado-geral de Polícia Civil Lawrence Melo, O Secretário adjunto Saulo de Tarso, O Comandante da PM, o Cel. Frederico Pereira; o superintendente de Polícia Civil do Interior, Dircival Gonçalves; o secretário municipal de Segurança com Cidadania, Breno Galdino e o secretário municipal de Governo, Lula Fylho e demais autoridades.

0 comentários :

Postar um comentário