Mearim Motos

PSB é o partido de esquerda que elegeu maior número de prefeitos em 2016

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Share/Bookmark

O PSB é o partido de esquerda que mais elegeu prefeitos no primeiro turno das eleições, neste domingo (2). Os socialistas conquistaram 414 cidades, seguidos do PDT, com 334, PT, 256, PPS, 118, e PCdoB, 80 (sendo 43 apenas no Maranhão).

Além disso, o PSB ainda superou o número de prefeituras administradas por socialistas desde 2012, e ampliou sua presença em cidades-pólo em diversos Estados.

No primeiro turno, o PSB reelegeu o prefeito Carlos Amastha na capital de Tocantins, Palmas, e Jonas Donizette, em Campinas (SP), com 65,43% dos votos. No segundo turno, vai disputar o comando de outras três capitais – Recife, Aracaju e Goiânia - e seis grandes centros urbanos – Guarulhos, Guarujá, Niterói, Mauá, Petrópolis e Olinda.

“Esse desempenho corresponde à estratégia traçada pela direção nacional, que era a de conquistar grandes centros. Estamos conquistando maior número de cidades e centros mais populosos, o que garante maior representatividade ao nosso partido”, avaliou o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

No Recife, o socialista Geraldo Julio, que concorre à reeleição, disputará o segundo turno com João Paulo (PT). Na apuração, o socialista obteve um resultado de 49,34%, o que corresponde a 430.997 mil votos. Já o petista contabilizou 207.529 mil votos (23,76%).

O candidato do PSB à prefeitura de Goiânia, Vanderlan Cardoso, concorrerá no segundo turno do pleito ao lado de Iris Rezende (PMDB). O socialista obteve 31,84%, o que corresponde a 217.981 mil votos.

Já em Aracaju, a votação do socialista Valadares Filho representou 38,09% - 98.071 mil votos, contra os 99.815 votos, 38,76% de Edvaldo Nogueira (PC do B).

Entre as cidades-polo, um dos destaques foi Guarulhos, a segunda maior cidade do Estado de São Paulo, onde o socialista Guti conquistou 202.261 mil votos (34,92%). Ele concorrerá contra Eli Correa Filho (DEM), que obteve 129.724 mil votos (22,40%).

Em Niterói, a segunda maior cidade do interior fluminense, o socialista Felipe Peixoto somou 70.065 mil votos (30,69%) e vai disputar contra Rodrigo Neves (47,98%, 109.531 mil votos), do PV.

Em Petrópolis, o PSB terá como candidato na disputa do 2º turno Rubens Bomtempo (42,21% e 63.402 mil votos) contra Bernardo Rossi, do PMDB, com 68.420 mil votos e 45,55%.

O candidato à prefeitura de Olinda, Antônio Campos, vai disputar o segundo turno após obter 28,17%, contabilizando 55.995 mil votos. Ele enfrenta o candidato Professor Lupércio (SD) que obteve 23,38%, 46.476 mil votos.

Em Mauá, o socialista Atila Jacomussi contabilizou 85.615 votos, que corresponde a 46,73%, e concorre com o petista Donisette Braga, que somou 22,90%, 41.958 votos. No Guarujá, Valter Suman é o candidato do PSB que disputará o segundo turno depois de obter 36.311 votos (23,70%), contra Haifa Madi (66.147 votos, 43,17%), do PPS.

O segundo turno das eleições municipais será realizado no próximo dia 30 nos municípios com mais de 200 mil eleitores.

0 comentários :

Postar um comentário