Mearim Motos

Cunhado confessa que matou sobrinha-neta de Sarney

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Share/Bookmark
Lucas Porto esteve por duas vezes no condomínio no dia em que a vítima foi morta (Foto: Reprodução/G1 MA)

O empresário Lucas Porto, de 37 anos, confessou que matou a própria cunhada, a publicitária Mariana Costa, 33 anos. A motivação seria uma atração que ele tinha pela vítima. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, em entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira, em São Luís (MA).
“Ele disse que tinha uma atração muito forte pela Mariana. Disse que foi ao quarto e a encontrou sem roupa. Lá, resolveu consumar seu desejo sexual. Daí se chegou a um resultado morte”, disse o secretário.
O depoimento que terminou com o crime sendo confessado foi prestado na Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoa (SHPP). Durante o depoimento, Lucas Porto foi acompanhado por três advogados. Vizinhos e familiares também estão sendo ouvidos pela polícia, pois a investigação continua.
“Houve violência de natureza sexual. Esta foi à manifestação dele. Negou no primeiro momento a autoria do crime, mas declinou agora. Contudo não muda nada na ação da polícia. Tudo que estava previsto para ser feito vai ser feito. Ele disse que tinha paixão incontida pela cunhada. Mas seguimos com as investigações”, declarou o secretário.
Mariana Costa foi encontrada morta em sua residência (Foto: Arquivo pessoal)
O objetivo da polícia com a sequência dos trabalhos é confirmar se o depoimento de Lucas Porto tem procedência.

"Este caso é difícil, pois envolve a subjetividade dele e o respeito em memória da vítima e a dor da família. Não estamos entrando em detalhes do depoimento dele, que foi madrugada à dentro”, concluiu o secretário.

O empresário teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, na segunda-feira (14). Ele está preso juntamente com outros presos numa cela no Centro de Triagem, em Pedrinhas, ainda não confessou o crime.

G1-MA

0 comentários :

Postar um comentário