Mearim Motos

VEM AI! ELEIÇÕES 2018 COM MUITO “ÓDIO E PERSEGUIÇÃO”

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Share/Bookmark

Em meados de fevereiro do ano de 1989 já investido no cargo de Prefeito Municipal de Esperantinópolis-MA, fui apresentado em audiência no Palácio do Planalto ao Presidente da República José Sarney pelo seu filho Deputado Federal Sarney Filho, hoje Ministro do Governo Temer, aquilo me encheu de orgulho, um jovem de 33 anos, cheio de ideias querendo transformar a Terra da Esperança em uma terra melhor pra se viver.

Foi uma experiência nunca vista, que até hoje está gravado em minha memória, em vez de uma audiência pra mim se transformou em uma aula politica e uma lição de vida, de um homem culto, humano, e temente a DEUS. Conversamos bastante, expus as minhas ideias para poder ajudar um município que até então ninguém conhecia verdadeiramente nem no nosso estado e muito menos no nosso país, embora o poeta Raimundo Carneiro Corrêa fazia um esforço enorme para que nossa terra tivesse um lugar de destaque no cenário politico e administrativo, com publicação de vários livros narrando em versos e prosas a terra de fulgente esperança.

Mas confesso sair daquela audiência encantado com tudo que vir e ouvir do nosso Presidente da República, orgulho de todos nós maranhense, mas depois que ele me ouviu calmamente, me convidou para almoçar nos porões do Palácio do Planalto, era lá que ficava o restaurante, descendo no elevador privativo ele me disse MUNIZ! lá na mesa sagrada que estaremos daqui a um instante, vou lhe dar a senha, não pra você ser o melhor prefeito de Esperantinópolis, mas para você sempre ser lembrado como um bom prefeito, para isso bastas você ser um gestor responsáveis com as receitas do município e respeitar o povo da sua terra.

Chegando no local do almoço sentamos na mesa e antes que o garçom bem trajado e educado nos oferecesse o cardápio o Presidente falou, traz almoçou pra três baixadeiros do Maranhão, rsrsrs....., baixadeiro é um apelido carinhoso de quem nasce na região da Baixada Maranhense, que compreende a terra onde ele nasceu Pinheiro e a minha Arari onde nasci, e hoje com muito orgulho mora em Esperantinópolis a 40 anos, onde recebi um titulo de Cidadão Esperantinopense através da Câmara Municipal.

Ao começarmos almoçar o Presidente foi direto ao assunto, pois bem MUNIZ, vou lhe ajudar. Pelo que conversamos entendi, que essa sua cabecinha tá cheio de bons proposito, para com o seu município, só que você não pode fazer tudo isso que você pensa, mas uma coisa eu lhe garanto logo diante mão, a Rádio que você me pediu, vou hoje mesmo conversar com o Deputado Enoc Vieira que também é de Esperantinópolis e juntos vamos conversar com o Ministro das Comunicações Antônio Carlos Magalhães, e vamos autorizar o seu pleito bem como outras reivindicações suas, mas como lhe falei no elevador, vou lhe aconselhar a seguir três princípios de um bom gestor e se você agir assim, com certeza você sempre será lembrado como um bom prefeito.

1º - Pague os servidores; vereadores e fornecedores dentro do mês.

2º- Se você não puder construir tudo isso que você esta idealizando, recupere pelo menos o patrimônio público encontrado.

3º - O gestor não pode ter ódio e nem perseguir as pessoas. 

E foi baseado nesses três princípios, que norteei minha gestão e cumprir fielmente os ensinamentos do nosso presidente, paguei rigorosamente em dias sem nenhum atraso aos servidores, vereadores e fornecedores, construir o que pude e recuperei todo o patrimônio públicos, do povoado Porto do Utensilio ao povoado Três Lagoas do Piraca, hoje povoado do município de São Raimundo do Doca Bezerra, e não criei ódio de ninguém e nem perseguir.

 Vejam como o Presidente Sarney já pensava  há exatos 27 anos atrás, ele já falava sobre a necessidade do gestor não ter ódio e não perseguir as pessoas, mas o que estamos vendo e assistindo hoje no nosso Maranhão, é o ódio e a perseguição tomando parte do governo do estado. Eles usam a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) para perseguir os prefeitos e os ex-prefeitos, que são contrário aos seus princípios comunistas, e essa superintendência já conseguiu prender arbitrariamente o Prefeito de Paulo Ramos Dr. Tancledo e mais recentemente o Prefeito de Mirinzal Amaury e mais de uma dezena de ex-prefeito como o nosso amigo Lisboa de Bacabal.

E para corroborar com o que narrei acima, a Coluna Estado Maior do Jornal Estado do Maranhão dos dias 5 e 6 de novembro 2016. Sábado/Domingo, na primeira coluna agente lê.

A mando?

O Procurador do Estado Valdenio Caminha, que foi da direção anterior da OAB-MA e atuou no governo Flávio Dino, condenou a ação do Ministério Público contra a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Para ele, ficou claro que os agentes do MP agiram com intuito de “execrar a imagem” da ex-governadora, atendendo a interesses do próprio Flávio Dino.

A ação do MP - que acaba demonstrando uma forte preocupação de Dino numa disputa com Roseana – será denunciada ao Conselho Nacional do Ministério Público.


No mesmo jornal, coincidentemente na Coluna do Sarney ele volta a narrar o que ouvir dele à 27 anos atrás. 

O ódio e a perseguição

“Nada mais ignóbil na pessoas humana do que o ódio. Ele está na gênese de todos os crimes que destroem a convivência. Se tivéssemos que fazer a fórmula química para construí-lo, a primeira substância a colocar com básica é a inveja. Depois, colocaríamos a raiva , a deformidade de caráter, a tendência à violência e a ausência de qualquer sentimento em relação a valores. O ódio embrutece, corrompe, deforma e cresce suas raízes, transforma as pessoas as envolvendo contra a maneira de pensar, como o baobá do famoso livro de Exupéry, O Pequeno Príncipe. Quem é escravo do ódio jamais saberá o que é o amor, a bondade, a felicidade. Será sempre amargo o seu desejo é destruir as pessoas, julgá-las todas como inimigos e destinadas a serem jogadas no Inferno. Sua alegria é fazer o mal e ver as pessoas sofrerem” 

Na política, ele leva a vermos como se materializa, na lembrança da Place de la Concorde, na Revolução Francesa de 1789, onde foi erigida a famosa guilhotina. Começou como expressão mais alta com a cabeça de Luís XVI e de Maria Antonieta e terminou com a de Robespierre, o idealizador da perseguição, achando que os problemas são resolvidos pela violência, se sempre o perseguidor termina exterminado., e por ai vai...

Triste! do nosso Estado do Maranhão, mais se DEUS quiser nas eleições de 2018, a ESPERANÇA vai vencer o “ ÓDIO E A PERSEGUIÇÃO ”.



Henrique Muniz
Ex-prefeito de Esperantinópolis
Pós-Graduado em Gestão e Políticas Públicas ISAN/FGV

7 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Verdade do Maranhão atual!

  1. Anônimo disse... :

    Grande besteira o sarney já era acabou-se politicamente

  1. Anônimo disse... :

    E verdade Henrique o Flavio Dino persegue ate um pobre que ten ima moto velha ele manda a policia prender. MAS ROSEANA vem ai!

  1. Anônimo disse... :

    MAURA JORGE 2018, ESSA NINGUÉM SEGURA!
    AVANTE MARANHÃO TERRA GRANDE.

  1. Anônimo disse... :

    Luis Fernando, Roberto Rocha, Hildo Rocha, Maura Jorge, Braide e outros nomes mais,no futuro, 2020, devem governar o Maranhão.
    Dino,não consegue reeleição nem mesmo quando chegar o dia de jabuti subir em palmeira.

  1. Anônimo disse... :

    Dinosauro nunca mais.

  1. Anônimo disse... :

    O odio e a perseguiçã é a marca desses comunistas, esperem pra ver aqui tbm em esperantinopolis

Postar um comentário