Denuncie

Juiz aposentado do Tocantins é detido no MA após ameaçar matar o próprio irmão

sexta-feira, 3 de março de 2017

Share/Bookmark


Com um histórico de perfil agressivo, o juiz aposentado Erivelton Cabral Silva, de 40 anos, foi detido na última quarta-feira (22) pela Força Tática de Balsas-MA com uma pistola 380, três carregadores de cartucho e um revólver calibre 38.

De acordo com um dos áudios divulgados em redes sociais, a vítima seria um médico, irmão do juiz, que estava sendo ameaçado depois de uma confusão envolvendo desacordo na divisão da herança da genitora da família.

Após denúncias anônimas, uma equipe da Força Tática interceptou um táxi nas imediações da loja Armazém Paraíba de Balsas, no qual estava o juiz. Durante a abordagem os policiais encontraram em poder do juiz aposentado, Erivelton Cabral Silva, uma pistola 380 e três carregadores com 13 cartuchos intactos, além de um revólver calibre 38 Rossi com seis cartuchos também intactos.

Na delegacia, os policiais constataram que o juiz aposentado portava o registro da Pistola 380, porém suspenso, e ao ser indagado sobre as armas, ele teria relatado ter ido para cidade no intuído de ceifar a vida de seu Irmão, o oftalmologista Helton Cabral, por causa de problemas familiares. Em seguida foi conduzido e entregue na 11ª Delegacia de Polícia sem quaisquer escoriações provenientes da prisão e depois foi liberado.

Em nota o Tribunal de Justiça do Tocantins informou que o juiz Erivelton Cabral Silva foi afastado do cargo por motivos de saúde.

“Conforme solicitação deste veículo de comunicação, o Tribunal de Justiça esclarece que o magistrado Erivelton Cabral Silva não faz parte do quadro de juízes em atividade do Poder Judiciário. Ele foi aposentado por motivos de saúde”.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário