Denuncie

Prefeito Mundim assina o programa Criança Feliz para São Roberto

terça-feira, 14 de março de 2017

Share/Bookmark

O prefeito de São Roberto, Mundim do Luisão (PCdoB), esteve hoje (14), em São Luís para assinar o termo de adesão do município de São Roberto ao Programa "Criança Feliz".

Foi a solenidade de lançamento do Programa no Maranhão. Aconteceu na capital São Luís no auditório do Palácio Henrique da La Rocque e contou com a presença do governador Flávio Dino (PCdoB) e do ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra (PMDB), além de diversos outros prefeitos e secretários de estado, como o Superintendente Mávio Rocha (PCdoB).
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

6 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Agora toda criança de São Roberto será feliz kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkkkkkkkkkkk

  1. Anônimo disse... :

    Estamos em Março, hoje é 16/03, até agora, nada mudou aqui em Roberto.
    Tudo está como antes e tem algumas coisas que já não mais existe.
    O discurso do gogo da mudança, foi o maior papo furado já visto nessa região.
    Eleitores foram enganados com a falsa promessa de empregos para muitas das famílias e frustrou a todos que agora estão chiando e muito.
    A pegada comunista, é dessa forma que o sistema comunista trabalha, vendendo mentira e enganando a todos.

  1. Anônimo disse... :

    As rua de São Roberto, estão cheias de lama e o Prefeito, não anda nem fazer uma limpeza. O mato, tomou conta de várias ruas e em toda margem do igarape, aqui mudou mais foi para pior. A FFF!

  1. Anônimo disse... :

    Os Vereadores daqui deviam tomar uma atitude diante da situação.
    O Prefeito, nunca deu sinais de reajustar o piso salarial dos Professores.
    A única coisa que vive fazendo, é reunião em São Luís, e nada de resultados para município. Afundou São Roberto!

  1. Anônimo disse... :

    Até agora não disse ao que veio e olha que já são quase três meses.

  1. Anônimo disse... :

    Até agora não disse ao que veio e olha que já são quase três meses.