Denuncie

MULHER VITIMA DE SEQUESTRO NO MARANHÃO FOI LIBERADA APÓS 5 DIAS

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Share/Bookmark





































A Polícia Militar no destacamento de Tasso Fragoso acaba de encontrar a Sra Eliane Antunes Barbosa, 34 anos. Ela foi libertada pelo sequestrador Rozeno da Silva Neto para que ela pegasse roupas e outras coisas para fugir com ele. Caso procurasse a Polícia ele disse que voltaria e mataria a família. Eliane estava a nove dias em poder do sequestrador. Ela foi libertada no povoado malhada. Ela está bastante machucada e encontra-se neste momento no destacamento da PM e será encaminhada ao hospital para ser hidratada e medicada. A Polícia Militar esteve presente durante esses nove dias com reforço de 12 pms de Balsas, com buscas contínuas, durante 24 horas para libertar a vítima.

O próprio comandante do 4°Batalhão Tenente-Coronel Medeiros esteve pessoalmente na cidade de Tasso Fragoso conversando e tranquilizando os familiares da vítima e reiterando o compromisso do apoio integral da PM nas buscas, e inclusive falando com a mãe do sequestrador na tentativa de convencê-la a pedir para que seu filho libertasse a vitima.
A PM agora se dirige com o Grupo de Operações Especiais, Força Tática e Pms de Tasso Fragosso para o local onde foi libertada a Sra Eliane na tentativa de prender o sequestrador e estuprador Rozeno.

“Agradeço a todos PMS que se dedicaram nesta missão, em particular ao Comandante do Destacamento Sargento Cesar e aos mateiros -pessoas da região que colaboraram com a PM fazendo com que o elemento que pretendia fugir não conseguisse seu intento libertando a vítima”. Segundo relatou Eliane a intenção dele era tortura-la e mata-la, porém sem o apoio da filha que foi presa no dia seguinte em uma barreira da PM quando levava roupas e mantimentos no carro, ele se viu sozinho e desistiu de matá-la.

Ela relatou que a filha dele presa ontem pela PM e trazida para Balsas, e o genro ajudaram a sequestra-lá e ainda pretendiam pegar as duas crianças vítimas de estupro de 8 e 10 anos quando estivessem indo pra escola.

Fonte: CPAI-6 SUL DO MARANHÃO


ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário