Denuncie

ESPERANTINÓPOLIS: AULAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO AINDA NÃO COMEÇARAM

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Share/Bookmark
Resultado de imagem para Sinproesemma

Até o momento, o município de Esperantinópolis é o único da região do Médio Mearim em que as aulas da rede municipal não começaram neste segundo semestre. Isso graças ao impasse entre a administração com os professores. 

Após demitir todos os professores contratados, alegando que estava fazendo isso por conta do último concurso, a atual gestão desejou aumentar a carga horária dos professores concursados para suprir a lacuna deixada pelos professores contratados. Contudo, os professores do município de imediato rejeitaram tal proposta. 

O coordenador do núcleo do Sinproesemma de nosso município, Paulo César, concedeu uma entrevista ao blog para esclarecer toda essa polêmica. O coordenador e professores que compõem a direção do Sinproesemma estiveram reunidos com o prefeito Aluisinho do Posto (PCdoB), com o secretário de Educação Raimundinho Corrêa e outros membros do poder executivo. Para Paulo César "a reunião, que durou cerca de 4 horas, foi muito produtiva e chegamos a um entendimento. Antes o prefeito queria colocar 16 horas/aula de 45 minutos, e chegamos a um consenso para encerrar logo esse impasse para darmos 13 horas/aula de 50 minutos. Mas iremos levar esse entendimento para a assembleia dos professores amanhã, dia (10), ás 10 horas da manhã, depois disto levaremos para o prefeito o que for decido pelos educadores", concluiu o coordenador do sindicado dos professores. 



ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

7 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    nao sou frofessora e nen quero ser votei em aluizinho mais digo paré! quer matar os professores?meu basta lidar com alunos de hoje que nao querem nada com estudo so vao mesmo pra dizer que sao estudante claro q nao sao todos nao respeitam professores isso porque em casa tambem nao respeitam os pais e professores sofrem e ganham um salario miseravel e o semhor prefeito ainda quer aumemta a carga horaria que porra e essa amigo menos que matar mata logo deixa de ficar com comversa

  1. Anônimo disse... :

    A populaçao sofre as consequencias da má gestão em especial as crianças. O tempo da escravidao ja passou. O atual prefeito quer fazer os professorres de escravo. A educação deve ser tratada com serenidade. Pais e alunos merecem respeito.
    Quanto a demissão de contratados caro blogueiro, não houve concurso para a área de professores.
    A populaçao tambem está precisando que aconteça um concurso para esta área, uma vez que existe a necessidade neste municipio.

  1. Anônimo disse... :

    Algumas áreas do municipio vem sofrendo com as ações tomadas pelo atual gestor. A área da educação vem sendo tratada como menos importante. Professores e demais funcionários ligados a educação merecem respeito e comprometimento do municipio para que juntos possam oferecer uma educação de qualidade

  1. Anônimo disse... :

    Esperantinópolis retrocedendo. Não é assim que vamos melhorar, pelo contrario.
    Não era essa a mudança que o povo queria.

  1. Anônimo disse... :

    Esperantinópolis retrocedendo. Não é assim que vamos melhorar, pelo contrario.
    Não era essa a mudança que o povo queria.

  1. Anônimo disse... :

    Algumas áreas do municipio vem sofrendo com as ações tomadas pelo atual gestor. A área da educação vem sendo tratada como menos importante. Professores e demais funcionários ligados a educação merecem respeito e comprometimento do municipio para que juntos possam oferecer uma educação de qualidade

  1. Anônimo disse... :

    O nosso prefeito ou ditador e peseguidor, quer ganhar mais um mês sem presissar pagar os contratados, na educação para sobra dinheiro para pagar o seu Zé soares, motesto e outros maguinatas, prejudicando a educação de nossa cidade pra pagar suas contas.

Postar um comentário