Denuncie

Pedreiras: Acusado de homicídio qualificado e estupro foi condenado a 38 anos de prisão

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Share/Bookmark

Erivan da Silva – Sentenciado/Foto: Reprodução de vídeo

Por Sandro Vagner

O acusado de ter estuprado e matado uma menina de nove anos de idade, portadora de Síndrome de Down, em Lima Campos, Erivan da Silva, foi condenado hoje (23) a 38 anos de prisão em regime fechado, por ter cometido homicídio qualificado e estupro. O condenado cometeu os crimes no dia (15) de fevereiro de 2015.


Depois de cometer os crimes, Erivan fugiu para São Luis, mas devido a grande repercussão do caso, ele foi reconhecido por populares que o prenderam e o entregaram à justiça.


A sessão do júri popular teve início às 09:00h, e foi presidido pela juíza titular da 2ª vara da Comarca de Pedreiras, Drª Ana Gabriela Costa Everton.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário