Denuncie

Solidariedade quer a vaga de vice de Flávio Dino em 2018

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Share/Bookmark


Na convenção partidária em que reelegeu o secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo presidente do Diretório Regional do Solidariedade, o partido decidiu que vai pleitear a vaga de vice-governador na chapa de Flávio Dino (PCdoB) na eleição do ano que vem. O encontro realizado no Rio Poty Hotel, reuniu prefeitos, vereadores e lideranças políticas de mais de 100 diretórios municipais no estado.

Com a presença do governador Flávio Dino na convenção, o presidente reeleito do Solidariedade, Simplício Araújo afirmou que frente aos desafios do partido seguir com contribuindo com os avanços do atual governo, não pode pensar pequeno.

“É necessário enquanto partido construirmos um caminho diferente na política. E para isso vamos eleger de quatro a seis deputados estaduais, dois deputados federais e disputar a indicação da vaga de vice-governador na chapa do governador Flávio Dino”, disse Araújo, sob aplausos fervorosos da militância do Solidariedade.

Simplício Araújo lembrou que mesmo num momento de crise no país e de desencanto da população brasileira com a política, o Solidariedade foi o partido que mais cresceu no Maranhão no último ano.

“A população tem razão em estar muito chateada com a classe política. Mas, o compromisso do Solidariedade é com a boa política, e foi a boa política que somos o partido que mais cresceu no Maranhão. E o nosso compromisso, renovado neste encontro é com o ambiente saudável da política”, declarou o presidente do Solidariedade.

O governador Flávio Dino afirmou que o Solidariedade tem tido um papel fundamental nas ações do seu governo e nas mudanças pelas quais passa o Maranhão. “Vivemos dias de muitos sobressaltos na economia e na política brasileira. E tenho muito a agradecer o Solidariedade, o Simplício Araújo, pela confiança, esperança e lealdade de me ajudar a governar o Maranhão”, afirmou Dino, para ser aplaudido de pé pela militância do Solidariedade.

Flávio Dino afirmou ainda que o Solidariedade tem sido verdadeiramente solidário na tarefa que o governo tem de “recuperar o tempo perdido no Maranhão”.

“O Simplício Araújo é responsável por uma série de êxitos no nosso governo. E vamos para a disputa da reeleição, porque temos mais coisas para fazer, e fazer muito melhor”, sentenciou Flávio Dino.

LEALDADE POLÍTICA

O vereador de Imperatriz, Rildo Amaral disse que não há outro caminho a seguir na política do Maranhão, que não seja com Flávio Dino. “Temos lealdade com o governo Flávio Dino, não vejo outro caminho. Só vamos melhorar ainda mais o Maranhão, com muito mais Solidariedade”, declarou o vereador imperatrizense. Amaral defendeu que o Solidariedade faça um grande ajuntamento para eleger deputados federais e estaduais nas eleições de 2018.

Um dos três vereadores do Solidariedade em Timon, Juarez Morais declarou que o forte crescimento do Solidariedade no estado, foi conquistado com muita luta e disposição para fazer a política diferente. “Nós vamos crescer muito ainda, esse é o meu sentimento. Seguiremos crescendo se continuarmos a fazer a boa política”, disse Morais.

O ex-deputado Wagner Lago fez uma defesa contundente da aliança do Solidariedade para com o governador Flávio Dino. “Temos que ser transformando a realidade do Maranhão. Não estamos mais no tempo, em que uma família espoliava as riquezas da nossa gente. O governo Flávio Dino com a força do Solidariedade tem começado a republicanizar o Maranhão, e esse compromisso que seguiremos cumprindo com muita lealdade”, defendeu Lago.

Prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB) afirmou que o grande do desafio é reeleger Flávio Dino governador, e que para isso os partidos da base aliada e outros que virão tem que ser espelhar no exemplo de lealdade da direção e da militância do Solidariedade.

“Temos que estar atentos a conjuntura política no país e no Maranhão. Nosso desafio é reeleger o governador Flávio Dino, para isso temos que ser leais e solidários com esse projeto que mudou e mudará para melhor o Maranhão”, declarou o comunista.

Pré-candidato a governador no Tocantins, o ex-juiz Marlon Reis defendeu que na atual conjuntura brasileira tem que ser feito o debate forte da valorização da política e nessa tarefa deve-se olhar para a vida pregressa de quem quer ser candidato.

“O momento é de separarmos a boa política, da má política. Para isso, é importante que as pessoas debatam sobre a vida pregressa dos candidatos. Temos que fazer um debate forte sobre a valorização da política, e o Solidariedade comandado pelo Simplício Araújo, faz a boa política”, defendeu Reis.


ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário