Denuncie

POLÍCIA DO MA, E GOIÁS CULMINA EM PRISÃO DE ACUSADO COM 80 KG DE ENTORPECENTES, AVALIADOS EM 400 MIL REAIS

terça-feira, 3 de outubro de 2017
Compartilhe esta Notícia

Ação da Polícia Civil do Maranhão com a Polícia Militar do Goiás culmina em prisão de acusado com 80 kg de entorpecentes, avaliados em 400 mil reais

Ação conjunta entre as polícias do Maranhão e do Goiás culminou na prisão do acusado Carlos André Araújo da Silva, 20 anos. Ele foi flagrado nesta segunda- feira (02), pelos policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), com cerca de 80kg de maconha concentrada. Os entorpecentes estavam escondidos em um veículo táxi Versa, de cor branca. O veículo versa e Carlos André Araújo da Silva, ao ser encaminhado para SEIC fora encontrado caixas envelopadas, onde estavam os entorpecentes acondicionados em 75 tabletes.

As informações repassadas pelo Superintendente da Seic,Tiago Mattos Bardal foram “O Serviços do Centro de Inteligência da Policiai Militar do Goiás nos informou que o acusado Carlos André Araújo da Silva estaria transportando drogas para a capital do Maranhão. O acusado usaria um veículo táxi, para pegar os entorpecentes na rodoviária da capital. Diante disto, com base nestas informações, a nossa equipe da SEIC realizou um monitoramento nas primeiras horas do dia, onde identificamos o Veículo Versa. O táxi estava saindo da Rodoviária. Nós ainda iniciamos uma perseguição à distância, para descobrirmos onde a maconha concentrada seria entregue. Infelizmente o acusado percebeu que estava sendo seguido e tentou se evadir. Então o abordamos na altura do bairro do Anil. Após a revista no veículo, foi encontrado os 80kg de maconha prensado”, ponderou o delgado da Seic.

Entorpecentes avaliados em 400 mil reais

O superintendente da Seic ressaltou ainda, que o Carlos André teria alugado o veículo táxi versa, e estava apenas realizando o transporte da droga. Na SEIC, os entorpecentes foram pesados, totalizando os 80kg de maconha prensada e avaliada em R$ 400 mil reais. “Os entorpecentes estavam ainda escondidos no interior de bexigas de aniversário, para assim, dificultar o odor, que a maconha exala. ” conclui-o ainda, o delegado Tiago Bardal.

Após ser ouvido pela equipe de delegados, o acusado Carlos André Araújo da Silva foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e permanecerá preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará a disposição da Justiça. As investigações continuarão no sentido de identificar os donos da droga e o seu destino final.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :