Denuncie

Esperantinópolis: Escola municipal apresenta resultado do Projeto Viajando na Leitura

sábado, 25 de novembro de 2017

Share/Bookmark

A Secretaria Municipal de Educação de Esperantinópolis realizou nesta sexta-feira (24) a culminância referente às atividades do projeto pedagógico Viajando na Leitura na Escola Municipal Sete de Setembro do povoado Centro do Coroatá e contou com a presença do secretário adjunto Marlon Borges, da equipe da Semed: Graciete Ludogério, Maianny Soares e Mário Jorge, a psicopedagoga Maria Ranilde e representantes religiosos da comunidade.
O secretário de Educação Raimundo Correa, através da coordenação pedagógica, leva o projeto para as escolas municipais com o objetivo principal de motivar  o aluno à prática da leitura literária assim como incentivando a criação de seus próprios textos, levando o aluno a extravasar seu talento e imaginação. 
De acordo com a coordenadora responsável pelo projeto, Maianny Soares a intenção do projeto é atender grande parte das Escolas Municipais em 2018 com o Baú da Leitura, sendo que a primeira versão do projeto foi aplicado na E.M. Silvina Carneiro.
Durante a noite foram realizadas diversas apresentações como: Recital de poesias de autoria dos próprios estudantes, apresentação de paródias, literatura em cordel, música, manifestações culturais de autoria dos professores e alunos, apresentação de brincadeiras da sua época dos moradores veteranos da comunidade, entre outros.
"Nossa intenção é propiciar ao aluno uma leitura proveitosa, onde ele consiga extrair informações do que foi lido além de propiciar o reconhecimento de obras literárias de autores reconhecidos da própria terra como as obras do autor e então secretário Raimundo Corrêa, que fará com que o aluno conheça diversos gêneros textuais." destaca a coordenadora Maianny.
O projeto foi abraçado de forma efetiva por toda equipe da Escola Sete de Setembro o que garantiu o sucesso da noite. Todos ficaram contentes com o resultado final e com o apoio tanto do prefeito Aluisinho e do Secretário a esta noite cultural.
Poema de autoria dos alunos

Autografo do autor Raimundo Corrêa em livro se sua autoria





















ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

23 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Parabéns à equipe da secretaria de educação!

  1. Anônimo disse... :

    O que diabo o Mario Jorge foi fazer nesse Coroata??? O cão é muleque mermo kkkkkk

  1. Anônimo disse... :

    Sou professor de Pedreiras e sempre acompanhando alguns eventos pedagógicos pela região. ..entranhamente esse projeto de leitura pensado por coordenadores da semed e implantando nas escolas é algo sério. ...tira a autonomia, autoridade dos próprios profissionais da escola. ...nao sei a realidade dessa escola, se os professores e direção tem a capacidade para tal façanha. Mas é preciso superar os desafios e caiam no campo. Simplesmente fazer CTR+C e CTRL+V é fácil demais. ...meros copistas!

  1. Anônimo disse... :

    Esse aluizin da creche num apoia é nada kkkk tava assistindo as apresentações nao deram nem lanche, bico seco...só tinha água. ..falta de consideração matar as crianças de fome

  1. Anônimo disse... :

    Robotizando os projetos??? Aff de novo, de novo.... tão igual ao teletambis kkkk da escola silvina pra 7 de setembro. ..qual a proxima vitima ?? Ops...próxima escola? ?

  1. Anônimo disse... :

    O gaspar nao frequenta ações de escola....nao foi pro dia das mães do coroata, nao foi pro projeto, vem que dia aqui...to te esperando com aquela senha....ai pra comletar manda um ex prefeitö condenado por causa de madeiras do ibama, mais eh muita mulecage isso. O pau te acha seu prefeitö da creche meketrefi

  1. Anônimo disse... :

    O gaspar nao frequenta ações de escola....nao foi pro dia das mães do coroata, nao foi pro projeto, vem que dia aqui...to te esperando com aquela senha....ai pra comletar manda um ex prefeitö condenado por causa de madeiras do ibama, mais eh muita mulecage isso. O pau te acha seu prefeitö da creche meketrefi

  1. Anônimo disse... :

    O velho do mesmo, Projetos pensados pela cúpula com intuito de se promover. Fomentem os professores das Escolas elaborarem seus próprios projetos, com participação de todos da comunidade escolar. Será q ñ confiam em seus profissionais?

  1. Anônimo disse... :

    Caro "professor de pedreiras" Nós sabemos que todo projeto surge por conta de um problema, e a problema com a pratica de leitura não é so apenas de uma escola X, ou municipal, é nacional e todas as escolas apresentam problemas como esse, tanto que o ideb dos municipios provam isso, alunos que sabem le mas não interpreta o que lê. E outra o projeto não foi jogado na escola, foi adequado de acordo com nossa realidade e recebemos todas as orientações de como trabalhar com uma didática nova com prática de leitura, nós professores da escola sete de setembro aprendemos tanto quanto os alunos, com a vinda da cordenadora da semed que acompanhou. E nossas atividades da culminância não foi igual ao da escola anterior, pq foi de acordo com a nossa criatividade, eu e outros colegas fizemos Pedagogia da Terra e sabemos trabalhar de acordo com a cultura da comunidade, tanto esse como outros projetos desenvolvidos por nós, porque temos competência é adequado a nossa realidade. Então não foi jogado, foi adequado, acompanhado e sem a nossa criatividade de desenvolver as atividades da culminância não teria acontecido. Agrademos a iniciativa da Semed em disponilizar uma cordenadora para realização de tal evento e engradecer ainda mais nossos conhecimentos trazendo novas praticas de ensinar. E com certeza a proxima escola que receber o baú da leitura vai ter o mesmo sucesso como foi o nosso.

  1. Anônimo disse... :

    Belíssimo trabalho da escola.

  1. Anônimo disse... :

    A iniciativa de trabalhar com projetos de leitura é maravilhosa. Parabéns tanto para a coordenadora como para o secretario que deu todo apoio ao evento. #pormaisprojetosassim

  1. Anônimo disse... :

    Melhor dizer que é um trabalho da secretaria de educação. Kkkk a escola só fez a cópia do dever de casa, ou então ficava reprovada kkkk tomara que esse projeto nao chegue na escola que trabalho. Ja tenho muitas coisas a fazer todos os dias, planejar, dar aula e preencher formularios dessa escola digna

  1. Anônimo disse... :

    Pelo visto deve ser um hipocrita que finge que da aula, usa como bico, não desenvolve ações para melhoria da educação dos seus alunos, tenha vergonha de falar isso

  1. Anônimo disse... :

    Nossa! que legal! Por mais coordenadores assim, cumprindo uma de suas tarefas que é de sugestões de projetos pedagógicos para as escolas, pois o sucesso é de todos e está garantido.

  1. Anônimo disse... :

    Ainda tem gente besta.podem a escola da ouro para esse povo é nunca vai ser bom.
    Oh paixão desgraçada.
    Só porque não estão trabalhando, estão morrendo de inveja.

  1. Anônimo disse... :

    Oh bestera.....kkkkk

  1. Anônimo disse... :

    Essa alma quer reza...mario jorge andandö nas escolas??!! Ai tem... foi um dos maiores inimigos da categoria dos professores, teve várias greves pq ele nao sedia e nem negociava...lascava era falta e desconto na folha de pagamento. ...bicho ruim isso... quem nao te conhece que te compre

  1. Anônimo disse... :

    Rapaz, o negócio ao é sério. Povo obediente...fazem como mandam.

  1. Ramon Eloi disse... :

    kkkkk é pra rir mesmo viu ...Palhaçada

  1. Anônimo disse... :

    Marlon é um gênio que se preocupa com a educação de seus alunos. Parabéns. Cleissivan

  1. Anônimo disse... :

    Sao tão preocupados com a educação que nao botam os seus filhos na escola do município. ...botam no Batista ou em Pedreiras nas escolas particulares.

  1. Anônimo disse... :

    Inveja.com a gente vê por aqui!!!!! Aowwww cambada de invejosos.

  1. Anônimo disse... :

    Besteira esse povo que enche a boca pra falar nesse tal pedagogia da terra.... se são tão bom assim como tu diz, porque é que aceitou projeto dos telebobos?? De novo, de novo, de novo kkkkk