Denuncie

Milhares de candidatos lotaram escolas neste domingo para o concurso da Polícia Militar

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017
Compartilhe esta Notícia


Exatas 3 horas e 30 minutos para colocar no papel o que absorveram do conteúdo programático do edital para o concurso da Polícia Militar do Maranhão. Esse foi o tempo que milhares de candidatos à carreira de soldado do quadro de praça e para 1°Tenente do quadro de Oficiais da Saúde tiveram para fidelizar uma das 1.214 vagas ofertadas pelo Governo do Estado, para a Polícia Militar do Maranhão (PMMA). As provas ocorreram neste domingo(17) em dois turnos. O gabarito será divulgado no dia 19 dezembro, às 19h. O resultado final será publicado dia 9 de janeiro de 2018.

As provas objetivas para os cargos de nível superior ocorreram pela manhã, começando às 8 horas. Neste turno, ocorreu o absenteísmo (ausência de candidatos no processo) de 11.81% dos 1.643 inscritos para o cago de 1º Tenente. O que representa 194 faltosos. Para este cargo estão sendo oferecidas 43 vagas.

Já as provas de nível médio, para carreira de soldado, começaram às 15 horas, e ocorreu tudo dentro da normalidade. Foram 101. 095 inscritos para este cargo. Sendo ofertada 1.171 vagas e com 4,18% de faltosos.

Um dos candidatos, Emerson Diego Martins Sousa, de 21 anos, vindo na excursão com mais 17 pessoas, da cidade de Juazeiro, na Bahia falou da expectativa com o certame. “Foram 17 horas de viagem, mas valeu a pena, pois o negócio está difícil para todo o canto, em todo o Brasil. A gente veio atrás de uma expectativa de melhorar a vida com estabilidade financeira, e esse concurso pode ser a solução”, comenta Emerson.

Em relação a prova, o candidato disse que se preparou bastante e se sente confiante, pois ele avalia que o nível dos concorrentes está cada vez melhor, e, para isso, utilizou de diversas metodologias de estudos. “As pessoas estão muito preparadas e para passar, hoje em dia, só quem erra menos. Tem que fechar um bom número na prova para se conseguir o êxito da 
aprovação”, ressalta o baiano.

Chegando do estado do Pará, da cidade de Belém, Daniele Miranda, de 23 anos, se classifica como uma das mais novas concurseiras do Brasil. “Já fiz vários na minha cidade, mas essa é a primeira vez que tento um concurso fora do meu estado. Eu vou concorrer para praça e lá dentro tento me especializar para subir de cargo. O emprego está muito difícil. A minha 
expectativa é que tudo dê certo, mas enquanto isso, vou tentando outros concursos paralelos a este”, relata.

Vindo de São João dos Patos, Demétrio Brito Reis Silva, de 21 anos, é mais um candidato que encarou a estrada para realizar a prova. Segundo ele, a expectativa é de fazer uma boa prova, independente da concorrência. “A gente está aqui para dar o melhor. Eu vim do meu município só para fazer esta prova e conquistar esse cargo”, comenta.

Da região do Médio Mearim, especificamente da cidade de Pedreiras, Driele Bispo, de 29 anos, encontrou no concurso a chance de sair da estatística de pessoas desempregadas no país. “Eu espero passar, estou impulsionada pela oportunidade de um emprego estável e com uma excelente remuneração”, celebra a oportunidade. 

De São Luís, Denis Darlan Sousa Mourão, de 35 anos, atualmente exerce a profissão de mecânico, mas o sonho dele é seguir carreira na Polícia Militar. “Esse concurso é essencial para a pessoas que querem alcançar alguma coisa com a vida. É uma cobiça de muito tempo. O Governo do Maranhão está fazendo muito pelas pessoas. Isso é importante, principalmente neste momento que estamos passando no país”, avalia.

As provas foram aplicadas nas cidades de São Luís, Imperatriz, Caxias e Teresina (PI). As três primeiras cidades foram definidas no edital do concurso para receber os exames. Já a capital piauiense foi incluída devido à grande quantidade de inscritos em Caxias, de acordo com o Cespe/Cebrape, organizador do certame. O edital do concurso autorizava essa hipótese de alteração de localidade.

Para que tudo ocorresse bem, durante todo o domingo, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Gestão e Patrimônio dos Servidores (Segep) e a organização do concurso realizaram reuniões para debater sobre as metodologias do certame “A gente teve uma grande preparação nos últimos meses. Na última quinta-feira (15) tivemos uma reunião com todos os envolvidos, Polícia Militar, Bombeiros, Detran, SMTT, com um grande aparato para a realização do concurso“, garantiu a secretária de Estado da Gestão e Patrimônio dos Servidores, Lílian Guimarães

Das vagas

O concurso PMMA formará também cadastro de reserva, o que totaliza um total de 3.667 vagas em todo o Estado, sendo 1.214 imediatas e 2.454 para formação de cadastro reserva (CR). Do total de ofertas em disputa, 5% são exclusivas a negros e 5% a pessoas com deficiência. Destinada a candidatos com ensino médio e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria “A” ou “B”, a carreira de soldado (1.171 postos + 2.400 CR) paga R$ 4.019,62.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :