Denuncie

POÇÃO DE PEDRAS: Acusados de assalto a ônibus são condenados

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Compartilhe esta Notícia

Francisco Pinto de Mesquita Silva, conhecido como 'Pinto', 

O juiz Bernardo de Melo Freire realizou o julgamento de três homens acusados de assaltar um ônibus, crime ocorrido em outubro deste ano. Os acusados foram Francisco Pinto Silva, Edionilson Oliveira Júnior e Jonas da Silva Santos. O primeiro acusado recebeu a pena de 6 anos e um mês de reclusão, o segundo recebeu a pena de 7 anos e 4 meses de reclusão e o terceiro acusado recebeu a pena de 6 anos e um mês de reclusão.

Relata a denúncia que no dia 26 de outubro passado os denunciados, utilizando-se de armas de fogo, nas imediações da Vila Nova Jerusalém, em Poção de Pedras, realizaram um assalto ao ônibus coletivo da empresa Sideral, ocasião em que subtraíram os pertences e valores em dinheiro do motorista e demais passageiros. Segue a denúncia que os acusados teriam informações de que uma mulher, passageira do ônibus, estaria com uma quantia em dinheiro.

O acusado Jonas teria rendido o motorista e os demais teriam subtraído os pertences dos passageiros. Em depoimento, os denunciados confessaram a prática delitiva. Francisco Pinto foi o primeiro a ser capturado pela polícia e confirmou a participação dos outros homens no assalto ao ônibus. Quando capturados, os outros acusados confirmaram a participação e relataram arrependimento do crime.

“A referida ação teve toda sua tramitação e julgamento no intervalo de 40 dias. Dessa forma, o Poder Judiciário demonstra celeridade ao dar uma resposta rápida à sociedade”, destacou Bernardo Freire.


Soldado Brandão, "Júnior Bocão" e sargento Aurélio. (Foto: Polícia Militar)



ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

2 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Não sei como pinto vai comprir pena pois já está e em liberdade

  1. Anônimo disse... :

    ESSE JULGAMENTO FOI RAPIDO, MAIS TEM UNS JULGAMENTOS Q VAIE ANOS PARA DESENROLAR ESTA DE PARABENS O JUIZ.