Denuncie

Esperantinópolis: Gilson Veira fala sobre a sessão extraordinária de hoje (23).

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018
Compartilhe esta Notícia

Hoje (23), estivemos na Câmara Municipal de Esperantinópolis, acompanhando a sessão extraordinária e no termino, conversamos com o Presidente Gilson Vieira, que falou sobre a sessão. Confira a entrevista com o mesmo! 

Blog:  Gilson Vieira,  nos dará o resumo da sessão extraordinária de hoje. 

Gilson Vieira: Carlos, Hoje a câmara se reuniu em caráter extraordinário, para tratar de um projeto de lei do executivo mensagem N. 003/2018, que cuida das contratações, no texto original, tinha o item 12, que falava sobre carga horária dos professores concursados do Município. 

Com isso a casa entendeu que, como se trata de contratação, esse item deveria ser excluído, para que o próprio executivo pudesse estabelecer essa carga, pois a prefeitura tem todo aparato, através da secretaria de educação estipular horários dentro da lei trabalhista, tanto para os professores concursados como para os contratados neste ano de 2018.

 Então a câmara retirou da pauta esse item e deixou na relação apenas o artigo que trata da autorização que cuida da parte de contratação pessoal, por tempo determinado, para atender a necessidade temporária, excepcional, de interesse publico nos termos da lei, orgânica e municipal. Somente isso foi debatido, e no final foi votado e aprovado por 7 votos contra 3.































ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

15 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Carlos sinceramente vc e muito sem noção a moral do teu blog acabou desde o momento que vc se vendeu

  1. Anônimo disse... :

    Sinceramente Gilson está quase na cova mais humildade nunca vai ter

  1. Anônimo disse... :

    Rapaz Carlos vc tem muita cara de pau.Quem escreveu essa texto pra vc?

  1. Anônimo disse... :

    Eita governo sem moral kkkk e tem blogueiros também

  1. Anônimo disse... :

    Entendo que essa tentativa do prefeito aumentar a carga horária dos professores, é simplesmente uma forma de querer manter privilégios de alguns professores que nao trabalham, mas estão recebendo dos 60%. Fica complicado dessa forma. E veja que nao sai poucos. Sao pelo menos 64 matrículas. Vamos botar o pingo no i prefeito. Peça para essas pessoas q o senhor quer proteger, tirar licença sem vencimentos já que alguns ou algumas estao com outras funções na sua gestão. Fica a dica.

  1. Anônimo disse... :

    Uma vergonha o papelão feito por alguns professores durante essa sessão. O Zé Roberto passou quatro anos no gabinete da prefeitura recebendo salário de secretário e ainda recebia o salário de professor sem nem pisar na sala de aula. A Betânia do mesmo jeito, recebia pelo FUNDEB sem nem pisar em sala de aula. agora que eles tem que trabalhar na escola eles dão piti. Fala sério!!! Eles não estão nem um pingo interessados na educação de Esperantinópolis.

  1. Anônimo disse... :

    Realmente esse blog tá uma porcaria é muita politicagem envolvida...Isso chega darealmente nojo

  1. Anônimo disse... :

    Aí em Esperanto polis, ainda bem que tem Sindicato que se mobiliza celular ainda consegue barrar alguma aberração, , como aconteceu na reunião de hoje, , onde a classe dos professores, , que em grande número compareceram e fincaram o pé, e conseguiram na base da pressão, fazer com que uma parte do texto fósseis retirada do projeto de maldades contra a nossas classe.
    Mas aqui em São Roberto, a coisa corre frouxa porque você Sindicato, que deverá apoiar os seus filiados, nada faz e para complicar ainda mãos a própria categoria, , só faz você que no Prefeito quer e mandando.
    Aqui em São Roberto, o Sindicato, é para trabalhar contra os seus membros e a favor de tudo o que o Prefeito quiser fazer e determinar. Uma lástima esse Sindicato aqui.

  1. Anônimo disse... :

    Gilson Vieira volta com a mesma arrogância e petulância.
    Não aprendeu nada nessa sua fase difícil

  1. Anônimo disse... :

    O asfalto do povoado Palmeiral vai sair quando heim responde aí galera kkk

  1. Anônimo disse... :

    Na lama e na poeira queremos o asfalto de qualquer maneira

  1. Anônimo disse... :

    Na lama e na poeira queremos o asfalto de qualquer maneira

  1. Anônimo disse... :

    A creche do bairro Pedro Jovita vai sair quando? Responde aí galera. Kkkkkkkk

  1. Anônimo disse... :

    Na lama ou na poeira, queremos a creche do bairro Pedro Jovita de qualquer maneira.

  1. Anônimo disse... :

    Na lama ou na poeira, queremos a creche do bairro Pedro Jovita de qualquer maneira.