Denuncie

Maranhão: Presidente e corregedor são empossados solenemente

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018
Compartilhe esta Notícia

A posse teve a participação de autoridades dos três poderes (Foto Ribamar Pinheito)

A mesa de honra foi composta pelo presidente e corregedor, pelos membros Júlio Praseres, Suely Feitosa e Eduardo Moreira, pelo procurador Juraci Guimarães Júnior, pelo diretor-geral Flávio Costa, pelo governador Flávio Dino, pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos (presidente do TJMA), pelo desembargador Márcio Vidal (presidente do TRE-MT e do COPTREL), pelo deputado estadual Othelino Neto (presidente da Assembleia Legislativa), pelo prefeito Edivaldo Holanda Braga Júnior (São Luís) e ainda pelo advogado Thiago Diaz (presidente da OAB-MA). Para mais fotos acesse álbum do evento na rede social Flickr.

Os Hinos Nacional Brasileiro e de Louvação a São Luís foram interpretados pela cantora Thaynara Oliveira, integrante do quarteto instrumental da escola de música do Maranhão, que também recepcionou os convidados da solenidade junto com a banda do Bom Menino.

Em 18/12/17, Ricardo Duailibe e Cleones Cunha foram aclamados presidente e corregedor do TRE-MA durante sessão extraordinária administrativa. Naquela sessão, prometeram cumprir fielmente os deveres e atribuições das funções, pelo que, com observância das formalidades legais foram lavrados e assinados os termos de compromisso e posse de ambos.

“Sou, por essência, um otimista. Se o momento político e econômico brasileiro se revela conturbado, acredito que nossa juventude e o eleitor consciente, agora cientes da necessidade de escolher bem seus representantes, irão mostrar que temos razões para sermos otimistas com o futuro do nosso país. Agora que me vejo na presidência deste Egrégio Tribunal, não pude deixar de questionar-me sobre as peculiaridades desse tão grande desafio, que podem se alternar entre espinhosas e gratificantes, mas que certamente, em ambos os casos, irão me deixar mais fortalecido e enriquecido por experiências valiosas. Missão de alta responsabilidade dirigir o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, notadamente por dar prosseguimento ao profícuo trabalho realizado pelos dignos presidentes que me antecederam, em especial, pelo meu antecessor, o desembargador Raimundo Barros, em cuja administração e pela primeira vez, este Tribunal foi distinguido com o Selo Ouro do Conselho Nacional de Justiça, merecendo de todos nós admiração e orgulho. Quero reafirmar aqui meu compromisso e minha disposição permanentes para o diálogo, na qualidade de presidente deste Tribunal, que será mantido com absoluta clareza, respeito às leis e ética, de forma que possamos sempre resguardar a Justiça Eleitoral dentre os órgãos com maior credibilidade perante a opinião pública, garantindo-lhe ainda a eficiência necessária e fazendo que esteja permanentemente apta a cumprir com seu papel constitucional de realizar as eleições da forma como dela espera o eleitorado e todo o povo brasileiro: com absoluta segurança, lisura e transparência’, discursou, em partes, o desembargador Ricardo Duailibe.

Já a saudação à mesa diretora empossada solenemente foi feita pelo jurista Eduardo Moreira, membro decano da Corte Eleitoral maranhense. “Em pouco menos de dois meses desde a posse do desembargador Cleones Carvalho Cunha como membro efetivo, este Tribunal torna a se reunir em festa, desta vez para solenizar a posse dos eleitos aos cargos de presidente e corregedor, e ainda para entregar com a Medalha do Mérito Eleitoral Ministro Artur Quadros Colares Moreira a autoridades cujo trabalho tem engrandecido a Justiça Eleitoral nacionalmente. Humildade é a essência e o cerne da sua personalidade, senhor presidente. Por tudo isso, eu parabenizo. Parabenizo por ser Ricardo Duailibe, e, em nome do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, reitero o nosso compromisso de contribuir ao máximo com a sua gestão, tudo em prol do melhor funcionamento da Justiça Eleitoral”.

Medalha do Mérito Eleitoral

A Medalha do Mérito Eleitoral Ministro Arthur Quadros Collares Moreira, maior honraria da Justiça Eleitoral maranhense, foi entregue a 4 personalidades:

- desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, presidente do TRE São Paulo, que é formado em Direito pela Mackenzie e ingressou na magistratura em 1981. Judicou em Guarulhos, Martinópolis, Porto feliz e São Bernardo do Campo até ser promovido para a 35ª vara cível central de São Paulo capital. Em 2005, foi promovido a desembargador e já atuou em eleições como juiz presidente da Comissão de Fiscalização da Propaganda. Possui especialização em Direito Eleitoral e Processual eleitoral, além de ser professor da faculdade de Direito de São Bernardo do Campo;

- desembargador Márcio Vidal, presidente do TRE Mato Grosso e presidente do Colégio de Presidentes de TREs (COPTREL), que é formado em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso e ingressou na magistratura em 1985. Possui especialização em Direito Público, é mestre em Direito Processual e ainda possui créditos e preparo de tese do doutorado em Ciências Jurídicas e Sociais na Universidad del Museo Social Argentino;

- juíza Suely de Oliveira Santos Feitosa, membro substituto do TRE maranhense, é formada em Direito pela UFMA, especialista em Direito Processual Civil e já trabalhou como advogada na Procuradoria Geral do Estado e como analista judiciária no TRE-MA. Ingressou na magistratura em dezembro de 1998 e atualmente trabalha na 1ª vara da Mulher e responde pela 7ª Vara da Família;

- e advogado Telson Luís Cavalcante Ferreira, presidente do Colégio Permanente de Juristas de Tribunais Eleitorais (COPEJE), possui graduação em Direito pela Universidade Federal da Paraíba, detém especialização em Direitos Público e Eleitoral, mestre em Ciência Política.

Em nome dos agraciados, falou o desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :