Denuncie

BREVE HISTÓRICO DO PT DE SÃO ROBERTO-MA

quarta-feira, 7 de março de 2018
Compartilhe esta Notícia

Resultado de imagem para PT

O Partido dos Trabalhadores foi fundado em São Roberto no ano de 2003, por Edinar, o ainda estudante de direito Vanderley Ramos e mais alguns colegas. 

Quando o então prefeito do município senhor José Wilson soube da criação do Partido dos Trabalhadores, chamou Edinar e Vanderley e lhes informou que, ou o PT ficava com o governo ou ele, o prefeito, tomaria as medidas cabíveis para eliminar o partido porque ele não iria criar cobra para comer ele não. Foi dada a ele a seguinte resposta: “não se preocupe, o partido ainda vai se posicionar e você será o primeiro a saber, mas saiba que o partido decidirá o é que melhor para si”. Palavras de Vanderley. 

Por volta do mês de março de 2004 o partido resolve então coligar-se a pré-candidata a prefeita senhora Raimunda Jorge pela oposição. Ao saber, Jose Wilson demite Edinar, que era funcionário publico, no meio da rua, mas Edinar sai candidato e é eleito com 155 votos. Edinar cumpre todo o seu mandato pela oposição aonde fora eleito.

 Em 2006, junto com o partido faz campanha para Washington Luis candidato a deputado federal e Helena Helluy candidata a deputada estadual, ambos pelo PT. No ano seguinte, Francisco Nava Tavares, o Ouro, candidato a vice-prefeito derrotado na chapa de Raimunda Jorge filia-se ao PT. O partido projeta-se com Ouro para as eleições de 2008 que se aproximam. Ao adentrar o ano 2008, o PT é o único partido de oposição, isto porque o jovem medico Jerry Adriany consegue aliar ao seu partido, Partido Progressista, toda a estrutura politica e administrativa do governo em torno de sua candidatura.

Ocorre que por falta de entendimento com o governo, ainda assim a família da chefe de gabinete do prefeito senhora Juciene, sai do governo e se torna oposição. Ficando o grupo de Jerry Adriany com 8 vereadores eleitos, todo o empresariado do município, o prefeito e família. A oposição compõe-se do PT e da família de Juciene. O PT realizou sua convenção no dia 21 de junho e lançou o nome de Ouro para candidato a prefeito e o senhor Raimundo Barbosa para vice-prefeito e contava com 6 candidatos a vereadores, dentre os quais destacavam-se Edinar e Vanderley, que de ultima hora resolvera ser candidato também. 

Decorridos 5 dias da convenção, Ouro desiste de ser candidato e junto com ele o senhor Cambista, então candidato a vereador também desiste. O senhor Raimundo Barbosa também desiste da candidatura de vice. No dia 28 de junho, a senhora Juciene consegue junto a direção estadual do PDT a direção deste partido e, torna-se candidata a prefeita e Albenir Fernandes do PT é escolhido para ser vice. 

No dia 30 de junho, já parte da tarde, faltando menos de 12 horas para se encerrar o prazo de convenção, o prefeito retoma a direção do PDT e impede Juciene de ser candidata e Albenir automaticamente é posto como candidato a prefeito e Silvanete Mesquita torna-se candidata a vice. Durante a campanha, Deusin, candidato a vereador do Povoado Militoa desiste da campanha e a coligação da oposição fica com apenas 4 candidatos a vereadores.

Como já era de se esperar, Jerry Adriany é eleito com 2.408 votos e Albenir obtém 749 votos. A situação elege 8 candidatos a vereadores e a oposição elege Vanderley somente. Decorridos 3 meses depois da posse de Jerry Adriany, ele procura o PT e por meio de Vanderley inicia uma aliança prometendo tirar do governo a família do ex-prefeito José Wilson. Depois de longas discussões o PT aceita o convite. A família de José Wilson torna-se oposição e o PT passa a compor o governo. 

O PT realizou eleições internas para eleger sua nova direção e Vanderley não conseguindo conduzir o partido como bem queria resolveu abandonar o partido e filia-se ao PCdoB. Nas eleições de 2010 o PT estadual estava aliado ao grupo da Família Sarney no estado. O PT em São Roberto segue esta mesma aliança e faz campanha para Roseana Sarney. 

Ao se realizarem as convenções das eleições 2012, coube ao PT indicar o vice candidato a prefeito de Dr. Jerry, o partido indica o nome de Ouro. Nas eleições o PT elege 3 vereadores: Daniela Chaves, Edinar e Josa do Valdenor. Internamente o PT faz acordo para eleger Daniela para a presidência da Câmara Municipal para o primeiro mandato e elegeria Edinar para o segundo mandato na presidência da câmara. Daniela é eleita. Durante as campanhas eleitorais de 2014 o PT e o grupo de Jerry Adriany fecham acordo do governo ter seus candidatos a deputados e o PT ter os seus.

Ao aproximar-se a eleição para o segundo mandato da presidência da câmara, Daniela e Josa do Valdenor descumprem o acordo e sob orientação do prefeito votam em Tonho da Dorinha para presidente da Câmara. Edinar nem comparece a sessão. O prefeito se irrita. Ouro sai do PT. Daniela e Josa também saem. Forçadamente o PT torna-se oposição. Ao final do ano 2015 Vanderley aproxima-se novamente do PT propondo aliança para 2016. Propunha ele o nome de Mundinho do Luisão para candidato a prefeito e o PT indicaria o vice. O PT não tendo para onde ir resolve aceitar, indica Edinar para vice-prefeito e Dailson da Papelaria para vereador. A coligação sai vitoriosa.

Ao iniciar o seu governo, Mundinho do Luisão começa a tratar o PT com hostilidade. Exclui o partido de todas as decisões do governo. Poe alguns do partido para trabalhar, mas não dá as condições necessárias para trabalhar bem. Por volta da primeira metade do ano 2017 o PT já começa a procurar o governo para saber como seriam as condições para as eleições de 2018 e a resposta quase sempre era: “tá cedo”. Enquanto isso o prefeito e seu grupo politico já articulavam seus candidatos. Tanto que do final do ano 2017 para inicio do ano 2018, o governo fecha acordo com Julião Amim para deputado federal e Glauberth Cutrim para deputado estadual sem nenhum conhecimento do PT. 

Sentindo-se isolado das decisões, no dia 16 de fevereiro de 2018, o PT resolve fazer campanha para Zé Carlos do PT para deputado federal e Luiz Henrique para deputado estadual. Só então o prefeito no dia 23 chama o PT para conversar e impôs a seguinte condição: “só aceito o PT fazer campanha para seu federal, mas não abro mão do meu estadual. Exijo que o PT faça campanha para Glauberth Cutrim” do contrario o PT estará fora do governo. Como não aceitou, o partido hoje está fora do governo municipal. A resposta do Partido foi esta: “ Logo após essa conversa do dia 23, o prefeito começou a perseguição aos filiados do PT que tinha empregos no governo. Dizia ele que para permanecer no emprego o filiado teria que declarar apoio público ao governo e ainda desfiliar-se do PT e filiar-se ao PCdoB.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

20 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    PTralhas nunca mais

  1. Anônimo disse... :

    PT - Partido da Trapaça ....a realidade é essa

  1. Anônimo disse... :

    Arrocha aí galera do asfalto kkkkkkkk

  1. Anônimo disse... :

    Eita novela longa essa do PR de São Roberto, e sobre a perseguição política sobre os seus filiados e componentes do grupo, já sabemos que é coisa que se sucede de muitos anos e agora estão copiando o modelo antigo e arcaico do Zé Wilson... enfim, uma novela que é muito grande.

  1. Anônimo disse... :

    Pt é uma quadrilha. Quem é afiliado ao PT é quadrilheiro. Quem apóia PT ou é vagabundo, ou é canalha ou é muito burro.

  1. Anônimo disse... :

    Adeus PTralhas canalhas

  1. Anônimo disse... :

    PT - Partido da Trapaça

  1. Anônimo disse... :

    Nesse cabaré todo a única virgem desse puteiro é o Lula é ... essa não cola kkkk

  1. Anônimo disse... :

    O asfalto do povoado Palmeiral vai sair quando heim responde aí galera kkk

  1. Anônimo disse... :

    Na lama e na poeira queremos o asfalto do povoado Palmeiral de qualquer maneira

  1. Anônimo disse... :

    Arrocha aí galera do asfalto kkkkkkkk

  1. Anônimo disse... :

    Lula, puta do cabaré virgem? logo o Lula, que afundou o país como mostrou a operação lava-jato.
    Ele também, jogou na lama a biografia da Presidente Dilma, que antes, tinha moral e agora está na lama junto com o larapio.
    O PT não é um partido politico e sim uma organização de...

  1. Anônimo disse... :

    Esse relato relacionou todos os políticos que o PT se juntou e participou das administração em São Roberto, por muitos anos, então mostrou a cara da corrupção também na sua própria estrutura partidária, por meio de seus membros. Resumindo, todos farinha do mesmo saco, desde o tempo de Zé Wilson, até hoje na gestão dos tres Prefeitos. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  1. Anônimo disse... :

    essa historia do pt de sao roberto é muito linda. kkkk um povo chato q ninguem aguenta é o q diz a historia.

  1. Anônimo disse... :

    Acho que o Lula é o melhor, pq aqui em Esperantinópolis tem um tal de Benedito do PT que não vale uma pedrada!

  1. Anônimo disse... :

    Eu qeria saber era o que esse tal de prometo fez aqui em São Roberto Tem uma estaca enfincada pelo PT. Se fosse eu teria vergonha de dizer que era filiado a essa máfia colombiana que é o pt.

  1. Anônimo disse... :

    ESSE PT, É UMA VERGONHA E A MAIOR PODRIDÃO AQUI EM SÃO ROBERTO, NO MARANHÃO E NO BRASIL.

  1. Anônimo disse... :

    Oi

  1. Anônimo disse... :

    Mundinho, não precisa de partido sujo como o PT para vencer de novo, viu?

  1. Anônimo disse... :

    Verdade uma vergonha nacional e Municipal