Denuncie

GILSON VIEIRA: LUTA, SUPERAÇÃO E VITÓRIA!

domingo, 20 de maio de 2018
Compartilhe esta Notícia

Gilsomar Soares Vieira, ou simplesmente Gilson Vieira, nasceu em 23 de outubro de 1976, natural de Esperantinópolis (MA), radialista, desportista e sócio fundador do Jornal Panorama Regional (Pedreiras-MA), se elegeu vereador pela primeira vez nas eleições de 2012, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), com 536 votos, se reelegendo em 2016, pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) com 396 votos (resultado de uma campanha difícil com problemas de saúde, que não o permitiu participar ativamente da disputa). No seu primeiro mandato foi o líder da oposição no legislativo; no seu segundo mandato foi eleito presidente da Câmara Municipal.

O vereador passou por tormentas, enfrentou problemas de saúde e sofreu a perda da mãe, mas se manteve forte e firme lutando pela vida e pelos interesses do povo de Esperantinópolis. Ele nasceu de novo, como costuma dizer. Gilson Vieira abre seu coração e fala sobre tudo: saúde, política, planos para o futuro e seu trabalho como vereador e presidente do legislativo municipal de sua terra.

A doença e a campanha

“Já na campanha de 2016 eu estava com um problema de saúde e tive dificuldades para fazer o trabalho para a minha reeleição e fiquei doente por muitos meses sem ter um diagnóstico, durante todo esse tempo do meu tratamento fui submetido a internação com duas cirurgias, no Hospital Carlos Macieira (São Luis-MA), e só depois de mais de um ano de sofrimento é que surgiu o diagnóstico preciso, que era um linfoma de Hodgkin, corresponde a um dos vários tipos de câncer do sistema linfático, então fui transferido para o Hospital de Câncer Tarquínio Lopes Filho, também em São Luis, e lá fiz o tratamento. Iniciamos em agosto de 2017 e finalizamos em fevereiro de 2018, e graças a Deus obtive a cura depois de 13 sessões de quimioterapia, depois de todos os exames necessários, foi constatado o fim da doença”.

O tratamento e a perda da mãe

“O tratamento foi muito duro, sofrido, não é fácil, as quimioterapias são muito fortes, as reações são horríveis, mas em nenhum momento eu perdi a esperança, o que considero um ponto muito positivo. Um ponto crucial na minha vida se deu quando fui internado pela primeira vez, no mês de julho de 2017, e fiquei no Hospital Carlos Macieira sem nenhum diagnóstico conclusivo, apenas algo que eles chamavam de FOI (Febre de Origem Indeterminada), antes de ser diagnosticado o câncer. Nesse período eu perdi minha mãe (Dona Maroca faleceu em 15 de julho), então foi o pior momento da minha vida porque eu não sabia a doença que me acometia, já tinha perdido mais de 15 quilos, já tinha passado por cirurgia sem obter sucesso, e foi naquele momento que perdi minha mãe com todos esses problemas acumulados, que sofri o maior impacto da minha vida. Para me recuperar tive que fazer um tratamento psicológico, e assim seguir enfrentando o tratamento”.

Presidência da Câmara e tratamento

“O Regimento Interno da Câmara Municipal dá o direito de até 120 dias para tratamento de saúde, então, à princípio, no mês de setembro de 2017, eu passei o mês inteiro internado no Hospital do Câncer, nesse período me licenciei por 30 dias, retornando periodicamente ao legislativo, depois me licenciei por 115 dias para a parte final do tratamento, e embora ausente, continuei na presidência”.

Trabalho na presidência da Câmara Municipal

“Mesmo com problemas de saúde conseguimos implantar um ritmo de trabalho na Câmara Municipal, em que priorizamos a democracia, tratando a todos os vereadores de forma igualitária; estamos fazendo um trabalho com a maior transparência possível, eliminando a burocracia, e hoje qualquer vereador quando precisa de um documento, tem livre acesso junto aos servidores da casa, enfim, acabamos com a burocracia e estabelecemos um tratamento respeitoso com os colegas. Em relação á estrutura da Câmara Municipal, já modernizamos o plenário com a aquisição de sonorização completa com microfones individuais de mesa, microfones sem fio, mesa de som nova; mobiliário novo com mesas e cadeiras, trocamos as cadeiras da galeria (os antigos bancos foram substituídos por cadeiras acolchoadas e confortáveis), para que as pessoas que vêm assistir as nossas sessões tenham mais conforto.

São muitas ações, mas o que considero a mais importante é a transparência. O nosso Portal da Transparência dentro do site (www.cmesperantinopolis.ma.gov.br), e dessa forma não apenas o povo de Esperantinópolis, mas de todo o Maranhão, do Brasil e do mundo, tem acesso às informações , o quanto entra, o quanto sai (receitas e despesas) e tudo o que é feito com o dinheiro do legislativo. Pretendemos também climatizar o plenário, colocar portas de vidro, reformar completamente o prédio, trocar o telhado, que é muito antigo e outras intervenções estruturais”.

Biblioteca Aberta na Câmara Municipal

“Temos um projeto muito especial que é implantar uma biblioteca moderna, com acervo digital e físico, para atender as demandas dos nossos alunos, que os estudantes possam vir à Câmara Municipal fazerem suas pesquisas e consultas e possam sentir-se à vontade. Teremos uma grande estrutura com 11 computadores de última geração, internet boa e até impressora de qualidade para que eles pesquisem, digitem seus trabalhos e possam imprimir sem nenhum custo, aqui na Casa do Povo. E faremos tudo isso ainda este ano, então inauguraremos tudo junto: modernização, reforma, som, climatização e biblioteca, dando esse grande presente ao povo de Esperantinópolis”.

Reeleição da presidência

“Nosso Regimento Interno e a Lei Orgânica do Município não contemplam a antecipação das eleições para a presidência do legislativo, e para isso estamos conversamos com os vereadores para fazer essa antecipação, com uma emenda tanto no regimento quanto na lei orgânica. Já está aprovado o Projeto de Lei nesse sentido, com votação em dois turnos, e dessa forma será antecipada a eleição”.

Postura paramentar

“A diferença é que na legislatura passada eu era um vereador de oposição, e cumpri meu dever (como continuo cumprindo junto com os demais colegas) de fiscalizar, tratar da transparência da administração do nosso município e buscar o que é melhor para o nosso povo. Durante os quatro anos da gestão anterior eu fiz oposição, mostrando ao povo de Esperantinópolis o que deveria ser feito e o que deixaram de fazer. Veio uma eleição no qual nosso grupo saiu vitorioso com Aluisinho se elegendo prefeito, eu faço parte deste grupo, então qual o meu papel? – Primeiro de presidente da Câmara Municipal, continuar com o trabalho de fiscalização, mas hoje estamos engajados em ajudar o prefeito a melhorar o município, quando preciso falar alguma coisa, agir, cobrar, assim fazemos, mas deixo muito claro que estou empenhado em colaborar com o prefeito, e sei das suas dificuldades. O FPM teve uma queda muito grande, sendo Esperantinópolis o único município do Maranhão que teve redução da cota, caindo de 1.2 para 1.0, por conta de erros ocorridos em relação ao Censo Demográfico, então perdemos do orçamento anual um total de 5 milhões de reais., então estamos lutando juntos para que volte a receita coimo era antes, e que volte a ter seu repasse normalizado, e assim, o prefeito possa melhorar ainda mais o município. Enfim, a diferença é que hoje estamos nesse trabalho para melhorar a qualidade de vida do nosso povo, mas que é o mesmo objetivo que eu tinha quando fazia oposição”.

Dificuldades

“Hoje estamos com problemas junto ao INSS, em consequência de coisas que aconteceram nos quatro anos em que o ex-vereador Sinaldo Galvão esteve na presidência desta casa, que não consta o pagamento, embora ele tenha o demonstrativo com recibos, mas há um problema entre o repasse da Prefeitura para o INSS, cujo dinheiro era retido e não repassado, e por causa disso a Câmara Municipal está inadimplente. Tem esse caso dos quatro anos do Sinaldo, e mais quatro meses (setembro a dezembro/2016) da gestão do ex-presidente Chiquinho Boa Vontade. Estamos tentando resolver estes problemas, temos ainda a estrutura física do prédio, que já estamos organizando”.

Legado

“Estamos trabalhando para que fique o nosso legado de uma gestão transparente, democrática e de que. quando a gente quer fazer, faz. Aproximamos o legislativo do povo, pois entendo que estamos vereadores porque o povo nos colocou nesta casa através do seu voto, então a Casa do Povo tem que ser realmente do povo. Estamos trabalhando para a construção de um novo Regimento Interno e uma nova Lei Orgânica Municipal, para atualizar e modernizar, pois o regimento é de 1990 e a lei orgânica de 1991, dentro desta proposta de renovação queremos colocar sessões itinerantes, ou seja, levar a Casa do Povo às comunidades, para que todos possam ter acesso ao trabalho dos parlamentares”.

Prestação de Contas

“Já prestamos conta neste ano e entregamos mesmo antes do prazo final. Temos uma equipe de contabilidade muito competente, e assim, fizemos a nossa prestação de contas com bastante antecedência, porque já trabalhamos de forma atualizada no sistema on-line. Faz parte do nosso empenho em modernizar, exatamente para facilitar, agilizar e otimizar todas as nossas ações”.

Como está o Gilson Vieira?

“Estou muito bem de saúde, continuo sendo o amigo de todos. O poder nunca me subiu a cabeça de maneira alguma, até porque sei que isso é passageiro. Hoje estou vereador, presidente da Câmara Municipal; amanhã Deus é quem sabe, talvez eu não seja presidente do legislativo, nem mesmo vereador, talvez eu nem seja mais político, mas quero continuar minha vida como sempre vivi, respeitando a todos os cidadãos do nosso município e trabalhando para que o nosso povo tenha uma melhor qualidade de vida. Estarei sempre aqui recebendo as pessoas, visitando os nossos amigos e agradecendo, em primeiro lugar a Deus, e de forma especial ao povo de Esperantinópolis que orou por mim, rezou por mim, pela restauração da minha saúde, que, graças a Deus e a todo o apoio que recebi, deu tudo certo. Estou muito feliz, vivendo um momento muito especial da minha vida, pois acredito que nasci de novo, e agora com mais coragem e vontade de trabalhar em favor do nosso povo”.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

5 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Esse vagabundo do sinaldo. So fez foi rouba ...pra poder pagar os agiotas e ainda não consegui paga tudo.... parabéns Gilson se vc fizer mesmo igualmente vc fala nessa intrevista vc vai vira é prefeito nessa terra...

  1. Anônimo disse... :

    Gilson é uma máquina. Se morresse a cidade se livraria!

  1. Anônimo disse... :

    Só precisa ter mais humildade ,parar de ficar se achando o tal e cuidar de sua propia vida ao invés da vida dos outros.

  1. Gil alves disse... :

    Tem gente tola,que nao sabe nem o que fala. . O cara é um exemplo de superação, superou todos os momentos difícil, continua sendo um guereiro vitorioso..Gilson vieira,vc merece toda saúde do mundo . Parabéns por sua superaçao, bola pra frente , que sua fé em Deus, nunca deixe de existir e ser a sua principal vontade de superar os obstáculos. Parabéns amigos. Saúde forcas e ação.

  1. Anônimo disse... :

    Gilson vieira é sim um exemplo....porém eu tenho uma pergunta pro blogueiro,carlos,pq vc não posta as noticias de sua cidade?estou falando de duas prisões acontecidas na ultima sexta feira 18,do Zé maradona de bom princípio. E do gordo do maracujá .é por medo de repreensão ou pq eles são melhores q os outros?não concordo,vc ta deixando muito a desejar no seu blog,seja correto homem como vc era antes,postava tudo sem medo de nada,até pq e o seu trabalho....não tem pq essas noticias serem postadas em primeira mão pelo blog,de olho em grajau,só acho q esse crédito é seu.espero q não me leve a mal,mas essa é minha opinião. ..