Denuncie

Maranhão chega a mais de 2.300 vidas salvas no trânsito desde 2015

segunda-feira, 7 de maio de 2018
Compartilhe esta Notícia

O número de vidas salvas no trânsito maranhense de janeiro de 2015 até o primeiro trimestre de 2018 já chegou a 2.319, de acordo com dados do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). O cálculo leva em consideração o cenário que havia em 2014 e a redução das mortes verificadas desde então. 

Em 2014, foram 2.149 indenizações por morte registradas no DPVAT. Se esse padrão tivesse se mantido de 2015 em diante, haveria 7.146 mortos no trânsito do Maranhão nesse período. 

No entanto, com fiscalização mais eficiente contra motoristas embriagados e campanhas educativas, o Estado reduziu esse número. Em vez de 7.146 mortos, o período de 2015 até o primeiro trimestre deste ano registrou 4.827 casos. É uma diferença que significa 2.319 vidas salvas. 

“Antes havia uma bagunça total, ineficiência, negligência. E agora cumprimos a lei. Esse é o certo”, disse o governador Flávio Dino em relação à fiscalização para tirar motoristas perigosos das ruas. 

Queda 

Os números mostram que, seja qual for o período após 2014, o cenário é muito mais positivo do que havia antes. 

Por exemplo, comparando o primeiro trimestre de 2017 com o mesmo período de 2014, a queda é de 39% no número de mortes no trânsito do Maranhão. 

Lei Seca

Entre 2014 e 2017, o número de operações cresceu 39 vezes, saltando de 8 operações em 2014 para 312. 

As campanhas de conscientização têm dado resultado. Em 2017, por exemplo, foram realizados 61.932 testes de bafômetro e, de todos esses, apenas 1.050 resultaram em multa – ou 2% dos veículos abordados.

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :